'Vítima do racismo estrutural', diz Aline Fanju ao defender personagem de 'Totalmente Demais

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Aline Fanju, 41, retorna à televisão em uma dobradinha. A atriz está no ar em "Malhação: Viva a Diferença" e "Totalmente Demais", ambas da Globo. Ela diz acreditar que é triste o motivo pelo qual essas tramas voltaram ao ar, mas ela se sente privilegiada por estar na TV.

A Globo teve de paralisar as gravações das tramas inéditas por causa da crise do coronavírus. Para a atriz, porém, rever essas cenas traz lembranças boas da época das gravações. "Tenho muita sorte! Em 'Malhação', meu par era Lucinho Mauro Filho e, em' Totalmente Demais', era Aílton Graça! Palhaçadas o dia inteiro. Ailton é um sol!"

Com atuação em "Vidas em Jogo" (Record, 2011-2012) e "Em Família" (Globo, 2014), a atriz afirma que "Totalmente Demais" foi a sua primeira grande experiência com comédia em televisão. No cinema, ela esteve no elenco de "Loucas para Casar" (2015) e "Novela das Oito" (2012).

"O humor tem uma conta muito específica, é matemático ao mesmo tempo que não pode perder o frescor e a espontaneidade!", diz a Fanju, que teve como uma das melhores experiências fazer teatro com Ingrid Guimarães em "Razões para Ser Bonita" (2012-2015).

Na trama das sete, Fanju vive Maristela, que é apaixonada por Florisval (Ailton Graça) que não vale um tostão. Ela disputa a atenção do namorado com Rosângela (Malu Galli). Fanju diz que hoje consegue acolher mais a sua personagem, que é vítima de machismo.

"Ela é muito insegura e ciumenta, mas também está visivelmente vivendo uma relação não horizontal! Florisval mente, não a assume e a trata como mulher troféu, papel esse que ela aceita, porque é vítima do nosso machismo estrutural mesmo", reflete a atriz.

Na vida real, Fanju é casada com o também ator Marcelo Cavalcanti. Eles não estão em uma quarentena tão tranquila. Ela tem uma filha de 1 ano de 4 meses, a Teresa, que ainda demanda bastante atenção do casal. Ela acorda sempre cedo e já começa a brincar com a bebê. "Vamos para a varanda com a piscininha de plástico dela, ela mexe nas plantinhas, lemos livros. Marcelo e eu nos revezamos durante o dia entre ela e os afazeres da casa", conta a atriz.

Eles conseguem dar uma cochilada só vez ou outra quando a pequena também cai no sono. "No fim do dia, às vezes, quando ela já dormiu, tomo uma taça de vinho, um copinho de cerveja e vou dormir." E, claro, tenta acompanhar as suas cenas nas duas novelas que voltaram ao ar.