Vídeo do Porta dos Fundos faz sátira com vereadora do partido Novo de Curitiba (PR) e gera críticas

Fernanda Alves
·2 minuto de leitura

Um vídeo do grupo de humor Porta dos Fundos satirizando a eleição de uma vereadora do partido Novo em Curitiba, no Paraná, gerou polêmicas nas redes sociais, após internautas o relacionarem com a vereadora eleita no município, Indiara Barbosa. Na gravação, a personagem Yollanda Ramos ganha a eleição no município como a candidata mais votada da após vazar fotos íntimas na internet.

Em suas redes sociais, Indiara Barbosa, filiada ao NOVO e eleita com a maior votação de Curitiba, afirmou não ser a personagem e criticou a produção.

“Apesar de ter sido a vereadora mais votada de Curitiba, pelo @partidonovo30, certamente essa personagem não sou eu. É uma pena que o @portadosfundos associe o sucesso de uma mulher a alguma conotação sexual. Temos muito trabalho para mudar essa cultura retrógrada”, escreveu.

Entre as críticas no perfil do Porta dos Fundos no Twitter, está a do deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS), que chamou a produção de “vergonhosa”.

"Machismo do bem" que chama? Mais uma vergonhosa produção com uma resposta à altura da Indiara, mulher guerreira e extremamente qualificada. Não à toa gera inveja em quem não consegue reconhecer o mérito nos outros e vive da cultura do vitimismo! Vergonhoso”, postou.

A deputada distrital Júlia Lucy (NOVO-DF) prestou solidariedade à companheira de partido Indiara Barbosa, que definiu como “mulher guerreira”.

“Gostaria de prestar minha solidariedade à Indiara Barbosa - mulher guerreira, que foi eleita pelas suas ideias e propostas, para representar princípios e valores que fundamentam o partido! Estamos juntas por um Brasil mais justo, simples e livre!”, escreveu.

Fundador do partido Novo, João Amoedo afirmou em suas redes que o vídeo demonstra o “preconceito com o sucesso feminino”.

“É inaceitável que ainda exista tanto preconceito com o sucesso feminino. Especialmente na política. Parabéns a @IndiaraNOVO e todas as vereadoras eleitas do NOVO”, publicou.

A atriz Suzana Pires, em suas redes, chamou o vídeo do Porta dos Fundos de “desserviço à equidade de gênero”.

“@portadosfundos há séculos qq conquista feminina ou é invisibilizada ou associada a “favores sexuais”; portanto o vídeo da “vereadora de Curitiba” é um desserviço à equidade de gênero. Tirem esse vídeo. E criem algo melhor já! #PortaDosFundosMachista”

Já o youtuber Felipe Neto, apesar de criticar os integrantes do partido NOVO, definiu a produção “inaceitável”:

“Eu acho o partido NOVO patético. Típica turminha neoliberaloide q sonha em ver ricos ficando mais ricos, enquanto grita “É MERITOCRACIA” pros mais pobres. Contudo, o vídeo feito pelo Porta dos Fundos sobre a vereadora do partido foi inaceitável”.

Procurado, o Porta dos Fundos ainda não se manifestou sobre o vídeo.