Umbandistas e telespectadores detonam cena religiosa da novela 'Segundo Sol'

Cena de Laureta (Adriana Esteves) fazendo oferendas irrita público de casa (Reprodução/TV Globo)

Nesta semana, foi ao ar na novela “Segundo Sol” uma cena de cunho religioso que desagradou a boa parte do público que não perdeu a chance de criticar a trama das 21 horas da Globo nas redes sociais.

Após a vilã Laureta (Adriana Esteves) mandar matar Remy (Vladmir Brichta), a personagem apareceu na história fazendo um ritual de oferendas para entidades espirituais e pedindo ajuda aos orixás para se dar bem em seus planos de maldade. Alguns representantes da Umbanda viram a sequência como sendo ofensiva à sua crença“A cena mostrou uma falta de entendimento por parte do autor da novela sobre o que é de fato a umbanda. Esse tipo de construção cenográfica só serve para ofender”, opinou o cientista e sacerdote umbandista, Alexandre Cumino, para o site “Notícias da TV”.

Leia mais:
Pepê e Neném relembram caso de racismo em padaria: ‘Choramos!’
Léo Dias decide se internar para combater vício em drogas: ‘Respeitem minha dor’

Além de alguns líderes religiosos, o público de casa também detonou a novela “Segundo Sol” no Twitter. “Obrigado João Emanuel Carneiro por dar apoio à intolerância religiosa com essa cena da Laureta”, disparou um internauta para o autor da trama. “Isso reforça que o candomblé busca o mal das pessoas. Absurdo!”, comentou outra pessoa na rede social.