'Um longo processo', reflete Wanessa sobre luta contra síndrome do pânico

Wanessa Camargo - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz
Wanessa Camargo - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz

Wanessa Camargo comentou sobre o longo processo que enfrentou para tratar a síndrome do pânico.

Em entrevista à Harpers Bazaar, a estrela, de 39 anos demonstrou maturidade ao refletir sobre sua saúde mental.

“Venho de um lugar que foi muito escuro para mim, que foi encarar a síndrome do pânico nos últimos dois anos. Foi um longo processo. Para mim, foram dois anos muito sagrados, mas muito difíceis. Eu escolhi que esse caminho fosse mais difícil para que, hoje, pudesse olhar para você e falar ‘estou me sentindo feliz, mais livre’. O caminho ainda está sendo trilhado, claro. Mas começo a refletir coisas que nem imaginava, porque estou me sentindo mais bonita, mais iluminada”, explicou a estrela.

Wanessa acrescentou que por mais que se considere livre da doença, ainda é muito focada em manter bons hábitos para estar sempre com a mente e sentimentos equilibrados.

“Para mim, é essencial manter hábitos reais, então acordar cedo, dormir bem, me alimentar bem. Ainda está faltando o exercício físico, mas logo vou voltar, é a pontinha que está faltando. Além disso, é necessário ser sincera, verdadeira com você mesma. Olhar para si e falar ‘estou com dificuldade aqui’. Ser sincera e não ter medo de ser você, porque é muito difícil ser a gente quando temos medo. Pisamos em ovos o tempo inteiro pelo outro, pela sociedade, pelo trabalho. E eu cansei de pisar em ovos. Quero andar livre, leve e solta, descalça no vento, quero ser feliz”, esclareceu a cantora.