Twitter de Amber Heard desaparece após ex Elon Musk comprar rede social

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Foi só Elon Musk assumir o Twitter que o perfil de sua ex-namorada, a atriz Amber Heard, saiu do ar. Até a publicação deste texto, a conta dela @realamberheard quando acessada não podia mais ser encontrada.

Amber, que ainda possui seu perfil ativo no Instagram, não chegou a se pronunciar sobre o caso. A última publicação dela nessa rede sociais é do dia 1 de junho. A People também procurou um representante de Amber, mas não houve retorno.

Elon Musk está iniciando uma série de demissões entre a força de trabalho de 7.500 pessoas do Twitter, de acordo com um e-mail enviado a toda a empresa, numa drástica redução de custos que ocorre uma semana depois de o bilionário fechar a compra da plataforma de rede social por US$ 44 bilhões (R$ 224 bilhões). Funcionários nos EUA moveram ação coletiva na quinta (3) contra a companhia.

Os funcionários do Twitter serão notificados sobre sua situação no emprego às 9h (horário do Pacífico; 13h em Brasília), nesta sexta-feira (4), de acordo com um e-mail visto pelo Financial Times.

Musk e Amber se relacionaram até agosto de 2017, antes do processo judicial entre ela e Johnny Depp. O ator afirmou no julgamento com duração de seis semanas que o bilionário seria o pai biológico da filha de Amber.

A criança foi concebida através de uma barriga de aluguel, o que é permitido nos Estados Unidos. Depp disse ter pistas que levariam à prova de que Musk seria o doador do esperma.