Twitch altera divisão de receita da parte mais bem paga de streamers, e eles não estão felizes com isso

A Twitch está removendo sua divisão de receita de 70/30 para a parte mais bem paga de seus streamers (maioria), como forma de padronizar sua divisão 50/50.

Anunciado em uma postagem em seu blog oficial do presidente da Twitch, Dan Clancy, a plataforma de streaming negou uma petição de 2020 que agora tem 22 mil votos para fornecer a todos os seus streamers pelo menos 70% da receita de assinatura.

Embora a divisão 50/50 seja o acordo de receita mais comum, a Twitch ofereceu o que chamou de "acordos premium" para alguns de seus principais streamers, onde concederam a divisão mais lucrativa 70/30 . Essas ofertas premium não estão mais sendo oferecidas e as que estão nelas atualmente (streamers com audiências maiores, em geral) também terão sua receita reduzida no futuro.

"Em um mundo ideal, todos os streamers estariam no mesmo conjunto de termos, independentemente do tamanho. No entanto, instituir essa política teria um impacto negativo nos streamers atualmente nesses termos".

No entanto, eles não voltarão a um acordo estrito de 50/50 quando essas novas regras entrarem em vigor dia 1º de junho de 2023. O streamer ainda estará em uma divisão de 70/30 até que US$ 100 mil sejam ganhos através da receita de assinatura e depois será reduzido para 50/50.

“Em um mundo ideal, todos os streamers estariam no mesmo conjunto de termos, independentemente do tamanho”, disse Clancy. "No entanto, instituir essa política teria um impacto negativo nos streamers atualmente nesses termos, mui...

Twitch altera divisão de receita da parte mais bem paga de streamers, e eles não estão felizes com isso
Leia Mais

Prodeus, shooter inspirado em Doom, já está disponível
Marvel's Spider-Man: Mod oferece gameplay em primeira pessoa
God of War Ragnarok: Quanto o game ocupará de espaço no PS4?