'A Turma do Pererê', de Ziraldo, tem trajetória narrada em longa

THALES DE MENEZES
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 27.10.2017: O escritor e cartunista Ziraldo Alves Pinto, 85, durante entrevista exclusiva Folha, no Rio de Janeiro (RJ). (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

FOLHAPRESS - Ziraldo, 86, merece vrios documentrios sobre sua obra. Afinal, classific-lo s possvel com uma lista enorme de atribuies: caricaturista, cartunista, chargista, cronista, desenhista, dramaturgo, escritor, humorista, jornalista epintor. E fez histria nas histrias em quadrinhos do Brasil.

No incio dos anos 1960, ele foi pioneiro ao lanar a primeira revista em quadrinhos no pas totalmente colorida e desenhada por um nico autor. "Perer" surgiu em outubro de 1960, passando a se chamar "A Turma do Perer" na dcada de 1970. E a trajetria desse gibi revolucionrio ganha uma verso nos cinemas.

"A Turma do Perer.doc", dirigido por Ricardo Favilla, poderia fazer parte do currculo de escolas de design. Porque, embora tenha seu foco nessa HQ que adaptava personagens do folclore brasileiro, mostra muitos outros trabalhos de Ziraldo, e h sinais de genialidade aqui e ali.

Ele praticamente antecipou a pop art que tomou o mundo nos anos 1960. Seu trao personalssimo e suas solues visuais de narrativa impressionam at hoje. E poucos artistas conseguiram uma identidade grfica to intensaquanto ele.

Mauricio de Sousa tambm alcanou esse feito, e no por acaso que ele um dos entrevistas no documentrio sobre o Perer. Entre muitas figuras relevantes do quadrinho nacional que do depoimentos sobre Ziraldo esto Laerte e Jaguar.

Fica claro com os registros na tela que criar um gibi regular com personagens to brasileiros foi um feito inesperado e desafiador para um mercado dominado por super-heris e bichos antropomrficos da Disney.

Muitos pblicos diferentes podem gostar de "A Turma do Perere.doc". Sem dvida, os leitores maduros que acompanharam o saci Perer e seus amigos nos gibis que foram s bancas em 43 edies, publicadas entre 1960 e 1964, e mais dez edies em 1975 e 1976, quando o gibi no repetiu o sucesso da dcada anterior.

Quem quiser entender melhor a evoluo da publicao de HQ no Brasil vai ganhar muitas informaes sobre essa trajetria. E, tambm, o documentrio insere animaes espertas com o trao de Ziraldo, o que j diverso suficiente para valer o ingresso.


A TURMA DO PERER.DOC

Classificao: 10 anos

Produo: Brasil, 2019

Direo: Ricardo Favilla

Avaliao: bom