Trump ironiza vitória de 'Parasita' no Oscar e ouve resposta: 'não sabe ler'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou na quinta-feira (20), durante um comício em Colorado, o Oscar de melhor filme para o sul-coreano "Parasita", ao questionar como uma produção estrangeira venceu a premiação.

"Quão ruim foi o Oscar deste ano?", perguntou Trump à multidão. "Já temos problemas suficientes com a Coreia do Sul, com o comércio. Além disso, eles [a Academia] entregam para eles o melhor filme do ano?", questionou Trump, incrédulo.

Leia também

"Parasita", uma comédia dramática que explora as divisões de classe na Coreia do Sul, fez história ao se tornar o primeiro filme não falado em inglês a vencer o maior prêmio anual de Hollywood.

"É bom? Não sei", disse Trump, dando a entender que não assistiu ao filme.

A Neon, distribuidora americana responsável por exibir "Parasita" nos cinemas dos EUA, respondeu o presidente no Twitter e afirmou que sua oposição ao filme era "compreensível". "Ele não pode ler", disse a empresa em sua conta oficial.

Trump, cuja presidência é baseada no slogan nacionalista "Estados Unidos primeiro", disse que está na hora de recuperar os clássicos da época de ouro de Hollywood.

"Vamos com 'E o Vento Levou'. Podemos conseguir 'E o Vento Levou?' de volta, por favor? 'Crepúsculo dos Deuses'?", questionou o presidente, que também criticou o vencedor do Oscar de ator coadjuvante, Brad Pitt, por ter apoiado o processo de impeachment contra Trump.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.