Trump diz que 'ainda' não tem discurso pronto em caso de derrota: 'perder nunca é fácil'

João de Mari
·1 minuto de leitura
President Donald Trump pauses while speaking at the Trump campaign headquarters on Election Day, Tuesday, Nov. 3, 2020, in Arlington, Va. (AP Photo/Alex Brandon)
Trump deu a declaração ao visitar o Comitê Nacional do Partido Republicano nesta terça (3) (Foto: AP Photo/Alex Brandon)

O presidente dos Estados Unidos e candidato à reeleição, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (3) que “ainda” não tem um discurso pronto em caso de derrota. Trump deu a declaração ao visitar o Comitê Nacional do Partido Republicano.

“Eu ainda não estou pensando em um discurso de concessão ou aceitação”, disse Trump. “Ganhar é fácil, perder nunca é fácil. Para mim, não é”, completou.

Embora tenha adotado um tom pouco comum em seus discursos, o presidente norte-americano garantiu ao apoiadores que o seguiam que ele teria “uma ótima noite”.

“Ouvi dizer que estamos indo muito bem na Flórida e no Arizona. Estamos indo muito bem no Texas”, anunciou o republicano.

Leia também

Flórida, Arizona e Texas são estados decisivos para a eleição de hoje (3) por contarem com maior número de delegados.

Cada estado tem um número diferente de delegados, equivalente ao número de representantes na Câmara dos Representantes, mais dois senadores. Em quase todos os estados, o candidato à presidência que for mais votado leva todos os delegados.

Apenas os estados de Nebraska e Maine permitem que o delegado seja eleito por um distrito específico e vote no candidato que venceu nesse local.

Mais cedo, Trump declarou ao programa Fox & Friends que só vai declarar vitória “quando houver vitória”. Mesmo estando atrás do democrata Joe Biden nas pesquisas, o atual presidente dos Estados Unidos avaliou que há “uma chance muito, muito sólida de vencer”.

Os dois candidatos já votaram antecipadamente. Trump na Flórida e Biden, em Delaware.