Trump é considerado 'um perigo para a democracia' após pedir 'fim' da Constituição

Trump é considerado 'um perigo para a democracia' após pedir 'fim' da Constituição
Donald Trump credit:Bang Showbiz
Donald Trump credit:Bang Showbiz

Donald Trump está sendo considerado "um risco para a democracia".

O ex-presidente dos Estados Unidos vem sendo alvo de críticas desde o domingo (4), quando pediu pelo "fim" de partes da Constituição americana – com o propósito de mudar o resultado das eleições de 2020, quando ele não foi reeleito ao cargo de chefe de Estado.

“Uma fraude massiva desse tipo e dessa magnitude permite o fim de todas as regras, regulamentos e artigos, até os encontrados na Constituição”, escreveu Trump em sua rede social Truth.

“Nossos grandes ‘Fundadores’ não queriam e não aceitariam eleições falsas e fraudulentas”, continuou.

Em resposta, políticos de oposição (Democratas) e do próprio partido de Trump (Republicanos) condenaram as falas do ex-presidente.

“Ele está pedindo um fim à democracia constitucional dos Estados Unidos”, disse o líder Democrata do Senado, Chuck Schumer. “Ele está fora de controle e é um perigo para a nossa democracia”.

O representante dos Republicanos Mike Turner também disse que ‘veementemente e absolutamente’ discorda das opiniões expressas por Trump.

“Há um processo político que acontece antes de lançarmos um candidato pelo partido. Acredito que as pessoas certamente vão levar um comentário como esse em consideração quando avaliarmos nosso próximo candidato”, repreendeu ele.