Na treta de Luisa Sonza e Whindersson Nunes, os fãs são os verdadeiros culpados

·3 minuto de leitura
Luisa e Whindersson se separaram em abril de 2020 (Foto: Reprodução/Instagram)
Luisa e Whindersson se separaram em abril de 2020 (Foto: Reprodução/Instagram)

Um ano após a separação, Luisa Sonza e Whindersson Nunes lavaram a roupa suja nas redes sociais e dividiram internautas. Afinal, quem está errado? Seguidores acompanharam a discussão e logo tomaram partido. Alguns saíram em defesa de Luisa e viraram fãs da artista desde criancinha. Outros compraram o barulho de Whindersson sem pensar duas vezes e defenderam o humorista com unhas e dentes.

Tudo começou quando a cantora perdeu a paciência com um seguidor que sugeriu que ela tivesse traído o youtuber. De novo? Pois é. O boato não é novo. Luisa escuta isso há mais de um ano. Quando ela assumiu seu relacionamento com Vitão, meses após a separação de Whindersson, muitos interpretaram como uma confirmação da suposta "pulada de cerca". 

Leia também

Na época, Whindersson até usou suas redes para pedir aos fãs que não atacassem a cantora. Ainda assim, o youtuber fez piadas com a "dor de corno", postou mensagens misteriosas e chegou a citar Luisa e Vitão em algumas publicações. Com isso, a traição virou um "fato consumado" e a artista viveu todos esses meses recebendo ataques. Assim como sua família. E, claro, desenvolveu uma crise de pânico. Como ter saúde mental com tanto julgamento?

Nesta segunda-feira (11), no entanto, o jogo virou. Luisa se cansou e afirmou que não foi a responsável pelo término. Pressionado, Whindersson admitiu que o divórcio partiu dele. Na mesma publicação, o humorista garantiu que a separação não foi motivada por uma traição.

Com ataques de todos os lados, Luisa e Whindersson fizeram vários posts sobre o assunto. Muitos questionaram o motivo pelo qual o youtuber não enfatizou que a "moça era inocente" - lembrando que dentro de um relacionamento não existem vilões e mocinhos - desde o início. Quis pagar de vítima? Em sua defesa, Whindersson diz que não é obrigado a dar satisfações para ninguém.

O júri das redes sociais e o patriarcado

Pode parecer frieza, mas Whindersson tem lá sua razão. Apesar da vida pública, o relacionamento deles não pertencia aos fãs. É absurdo pensar que depois de um ano o "fantasma da separação" ainda os persegue. Talvez, o que poderia ter sido saudável e até amigável, tornou-se um pesadelo. 

Está na hora das pessoas aceitarem que relacionamentos acabam por milhares de razões. Por mais que estejamos acostumados a acompanhar a vida dos famosos pelas telinhas do celular, a vida real é diferente das novelas. Muitas coisas acontecem além dos 15 segundos dos Stories. Não estamos falando de um reality show valendo prêmio ou um jogo de futebol com torcidas no estádio. 

Em um mundo mais justo e sensato, Whindersson e Luisa não seriam questionados e seguiriam suas vidas revelando apenas o que os interessasse. Sabemos, porém, que vivemos em uma sociedade machista. A corda, infelizmente, arrebenta para o lado da mulher. Foi o que vimos com Luisa nos últimos 12 meses. 

Levando isso em consideração, o bom senso diz que não custaria nada Whindersson ter revelado que não foi traído por Luisa no meio do furacão. Os ataques provavelmente diminuiriam porque a palavra do homem sempre convence. Não era uma obrigação, mas também não seria um favor. O barulho era dos dois.

E tem mais, Whindersson disse que não tinha responsabilidade sobre o que falavam dela, que cada um cuidava da sua vida. Nós, mulheres, principalmente, sabemos que a vida dentro do patriarcado não funciona assim. E vale a máxima, além de qualquer coisa existe a consideração. Eles se amaram e existe responsabilidade sim.

Não dá para mudar o que passou, mas se você está indignado e tentando encontrar um culpado, fica a reflexão: Whindersson e Luisa precisariam falar algo, depois de um ano separados, se as pessoas tomassem conta das suas próprias vidas?

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos