Três em cada quatro adultos não dormem o suficiente, diz pesquisa

Um projeto do governo do Reino Unido sugere a implantação de diretrizes mais rígidas em relação ao sono. [Foto: Getty]

Por Caroline Allen

Cerca de três em cada quatro adultos estão dormindo menos de sete horas por noite, de acordo com uma pesquisa vazada, obtida pelo jornal britânico The Times.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Tudo indica que ministros do Reino Unido vão aplicar medidas duras em relação ao número de horas que dormimos, e impor diretrizes semelhantes às adotadas para o consumo de álcool.

Leia também


A recomendação faz parte de uma série de propostas para melhorar a saúde pública no Reino Unido.

O relatório sugere que dormir menos de sete horas por noite está resultando em baixos níveis de bem-estar físico e mental para a população britânica.

O projeto destaca os principais problemas associados à falta de sono, que incluem um maior risco de obesidade, ataques cardíacos, derrames, depressão e ansiedade.

O relatório também ressaltou que a privação de sono pode contribuir para reduzir a capacidade de recuperação após uma doença ou cirurgia.

Os resultados estão alinhados com as diretrizes atuais estabelecidas pelo NHS (Serviço de Saúde Britânico), que afirmam que a privação de sono também pode causar diabetes e reduzir a expectativa de vida.

O NHS recomenda que os adultos durmam oito horas de sono “de boa qualidade” todas as noites. No entanto, como regra geral, sugere que se você “acorda cansado” e “passa o dia desejando tirar um cochilo”, provavelmente não está dormindo o suficiente.

Agora, o governo irá estudar o relatório com o objetivo de rever as recomendações atuais.

O documento diz: “Como um primeiro passo, o governo vai rever as evidências sobre o sono e a saúde. O objetivo é reunir informações para criar diretrizes nacionais bem claras sobre a quantidade recomendada de horas de sono para indivíduos de diferentes faixas etárias, e para aumentar a conscientização sobre a importância de fatores relacionados à ‘higiene do sono’ que podem favorecer o sono saudável”.

Atualmente, o NHS faz as seguintes recomendações para favorecer o sono:

· Dormir em horários regulares

· Diminuir o ritmo antes de ir para a cama com música relaxante ou um banho quente

· Tirar equipamentos eletrônicos do quarto

· Manter um diário do sono para identificar aspectos potencialmente problemáticos

Espera-se que o Secretário da Saúde britânico, Matt Hancock, publique uma lista com as propostas do governo com o objetivo de reduzir os índices de obesidade e de tabagismo e de diminuir os gastos do NHS.