Traumatizado por estupro, Alcides vai tentar se tornar matador inclemente em "Pantanal"

Maria Bruaca e Alcides em
Maria Bruaca e Alcides em "Pantanal" (Divulgação Globo)

Em um novo desenvolvimento da história de Alcides (Juliano Cazarré) e Maria Bruaca (Isabel Teixeira) em "Pantanal", o peão ficará extremamente traumatizado após ser estuprado por Tenório (Murilo Benício). O que o fazendeiro não esperava, entretanto, é que sua vingança fosse transformar o peão em um matador.

Nos próximos capítulos de "Pantanal", Alcides ficará dias escondido no galpão por se sentir humilhado após o estupro que irá sofrer. Bruaca e Zaquieu (Silvero Pereira) tentarão consolar o peão, mas ele dirá que não tem mais vontade de viver. A única coisa que moverá Alcides é o desejo de vingança: em conversa com Zaquieu, o peão explica que deseja se tornar um matador sem piedade, acabando com Tenório e todos que encontrar pela frente.

Na versão original de "Pantanal" dos anos 90, o personagem foi castrado pelo grileiro em uma cena cruel. A cena foi modificada na nova versão e ficará apenas implícita para os telespectadores, já que o momento do estupro não será mostrado diante das câmeras.

Em entrevista ao "Extra", Juliano Cazarré afirmou que a cena sempre foi a mais aguardada pelo público de "Pantanal" desde a estreia do remake. "Acho engraçada essa repercussão absurda e como há tempos saem detalhes inverídicos de como será a cena. As pessoas me perguntam coisas sobre o Alcides, ou sobre o que vai acontecer na novela, que nem existem, ou me pedem coisas como se dependesse de mim alguma decisão e eu não estivesse lá apenas para executar (risos)".

Antônio Petrin, que interpretou o peão na primeira versão da novela, contou ao jornal que a castração foi mal recebida pelo público, e o autor decidiu reescrever a cena para dar um final feliz ao casal. "O Benedito Ruy Barbosa teve que reescrever ali, falar que não castrou direito, que ainda daria certo ele com a Bruaca porque teve uma manifestação grande pelos dois".