1 / 19

Lúcio Mauro em "TV0-TV1"

Lúcio Mauro em "TV0-TV1". Foto: Cedoc/TV Globo

Relembre a trajetória de Lúcio Mauro na TV

Lúcio Mauro, que morreu aos 92 anos no último sábado (11), teve uma longa trajetória na televisão, como ator, comediante e diretor. Além dos papéis marcantes em humorísticos que se tornaram clássicos, fez participações em novelas e seriados.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Teve passagens pela TV Rio, pela TV Tupi e fez sua estreia na Globo em 1966, no humorístico “TV0–TV1”. Dois anos depois, criou e dirigiu na Globo o “Balança Mas Não Cai”, onde deu vida a um de seus personagens inesquecíveis, o Fernandinho, do quadro Fernandinho e Ofélia, ao lado de Sônia Mamede.

Entre seus trabalhos de destaque estão os programas “Chico City” (1973), onde fez dobradinha com Alberto Roberto (Chico Anysio) como Da Julia, outro de seus papéis que sobreviveram ao tempo. Na “Escolinha do Professor Raimundo”, criou o impagável Aldemar Vigário, na década de 90. Conviveu com humoristas de novas gerações também no “Zorra Total”, a partir de 1999, e em séries como “Os Normais”, “A Grande Família” e “Sob Nova Direção”.

Leia mais: Filho e outros famosos homenageiam Lúcio Mauro

Fez participações ainda em atrações como “Chico Anysio Show” (1982) e “Os Trapalhões” (1989) e atuou em novelas e minisséries como “O Pagador de Promessas”, “Malhação”, “Caça-Talentos”, “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Pecado Capital”, “Meu Bem Querer” e “Paraíso Tropical”.

Em 2015, Lúcio Mauro fez uma participação afetiva no remake da “Escolinha”, como um servente, ao lado do filho, o ator Lúcio Mauro Filho, que revive Aldemar Vigário na nova geração do humorístico.