Torresmo de rolo é a nova comida favorita de boteco; dono de bar vende 420 kg por dia

Torresmo de rolo faz sucesso na internet e muda vida de comerciante paulista (Foto: Reprodução/Instagram @buteko_zedobrejo)

Há cerca de um mês, a rotina do comerciante Valter Baldo, de 57 anos, mudou completamente. Dono do Buteko Zé do Brejo, negócio da família localizado em São Caetano (SP), viu o principal prato da casa viralizar em grupos de WhatsApp depois que um cliente gravou um vídeo de babar. O seu torresmo de rolo faz o pessoal formar fila na porta do bar. “Parece Black Friday”, brinca Baldo em entrevista ao Yahoo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

A iguaria fez os olhos dos apaixonados por carne de porco brilharem. “O vídeo saiu em um dia e no outro já tinha 5 mil pessoas aqui”, garante. Uau! A delícia, no entanto, não é uma novidade para quem trabalha na casa. Ela é vendida há um ano e meio, desde quando o Zé do Brejo abriu, e trata-se de uma receita de Cida Baldo, de 53 anos, esposa de Valter que é de Minas Gerais. “A gente já fazia o pão de queijo. Mas ela fez um pedacinho do torresmo em casa, levamos para o bar e deu certo”, conta o comerciante.

Leia também

Baldo revelou que a mulher e as filhas estão eufóricas com o sucesso do petisco. “Não esperava tudo isso. Saiu nas redes sociais, jornais, televisão... É muito orgulho”, diz. Apesar de até ter aparecido no programa ‘Mais Você’, da TV Globo, ele não gosta de ser chamado de celebridade. “Sou uma pessoa simples”, garante.

O Instagram do Buteko Zé do Brejo está “em construção”, mas o vídeo que transformou a vida de quem trabalha lá é a publicação mais curtida. “O famoso vídeo. O causador da nossa insônia e da nossa gratidão”, diz a legenda.

O famoso torresmo é servido com pimenta biquinho e limão. A cerveja, claro, anima a refeição. Ficou com vontade de fazer o petisco em casa? Tente sozinho, pois Baldo não entrega a receita do sucesso. “É segredo, não posso falar. Já estão imitando, mas não conseguem fazer como eu faço. Falei não até para a Ana Maria Braga”, explica o dono do bar. Que moral!

Torresmo de rolo faz sucesso na internet e muda vida de comerciante paulista (Foto: Reprodução/Instagram @buteko_zedobrejo)

O esforço aumenta, mas a grana também

Com a procura pelo torresmo de rolo em alta, Baldo precisou aumentar o quadro de funcionários. Afinal, o bar abre de terça-feira a sábado e lota todos os dias desde que o vídeo estourou na internet. “Antes eram 50kg de torresmo por semana. Agora fazemos 420kg por dia. Se tem mil rolos, vende mil rolos”, revela. Uau! Por isso, ele conta com a ajuda da esposa, das filhas Natália (a “dona” do caixa) e Aline, que virou a “assessora de imprensa” do pai.

Valter ainda conta com Adriano Almeida, 38, seu braço direito que lidera a cozinha do bar, e mais três funcionários na sua equipe. “Não conseguimos atender todo mundo, mas tentamos fazer da melhor forma possível”, conta. O trabalho aumentou (e muito), mas o faturamento do Buteko também. “Já vejo o crescimento”, afirma Baldo, que não quis entrar em detalhes sobre números.

O Buteko Zé do Brejo abre de terça a sexta-feira, do meio-dia às 23 horas. Aos sábados, funciona das 10h às 19h. “O pessoal pede para o bar ficar aberto por mais tempo. Quem vem pela primeira vez diz ‘pena que não conhecia o torresmo antes’”, conta. O quilo da porção dos rolinhos sai por R$ 60.

Buteko Zé do Brejo: Av. Vital Brasil Filho, 701 - Olímpico - São Caetano do Sul (SP)