Toquinho é acusado de não ligar nem ajudar o neto há dois anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 02.05.2019 - O cantor Toquinho durante entrevista no seu apartamento, em São Paulo. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 02.05.2019 - O cantor Toquinho durante entrevista no seu apartamento, em São Paulo. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Toquinho, 75, resolveu publicar uma foto do filho, Pedro, 37, junto com o netinho de quatro anos. Porém, a madrinha do menino acusou o artista de não ligar nem procurar pela criança há pelo menos dois anos.

Tudo começou após a postagem de Toquinho. Na legenda, escreveu: "Meu filho, Pedro, que aniversaria hoje, carregando João Pedro, meu neto. Parabéns, Pedro, e que nossas vidas sejam iluminadas pelas luzes da paz e da harmonia", postou.

Porém, horas depois, Marcela Guzzo, madrinha da criança, fez o desabafo em suas redes sociais. Ela alega ter sido bloqueada por Toquinho e por causa disso teve de escrever o que pensa na sua própria conta.

"Poxa, Toquinho, queria muito comentar a sua foto, mas está bloqueada. O seu neto, que você e nem seu filho procuram há mais de dois anos, está lindo. Vocês iriam adorar curtir cada momento, cada descoberta. Quem sabe, com esse post, você consiga acordar e curtir ele", começou ela.

Na sequência, Marcela deixou claro que aquilo não era uma indireta. "Nunca desejei o mal de ninguém, principalmente porque sei que quem perde são eles, e o meu afilhado é um anjinho nas nossas vidas. Mas não é legal usar a imagem do neto, que ele não liga e nem ajuda. Espero, de coração, que eles mudem", disparou.

Procurado, Toquinho ainda não havia respondido as solicitações até a publicação deste texto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos