Tom Hanks e esposa Rita Wilson são confirmados com coronavírus na Austrália

Por Dan Whitcomb
Tom Hanks participa da exibição do filme "Um Lindo Dia na Vizinhança" em Nova York

Por Dan Whitcomb

(Reuters) - O ator vencedor do Oscar Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson, tiveram um teste positivo para coronavírus na Austrália, informou o próprio artista no Twitter.

Hanks disse que ele e a mulher, ambos com 63 anos, foram testados na Austrália, onde ele está trabalhando em um filme, depois que ambos se sentiram cansados, doloridos e com febre leve.

"Para fazer as coisas direito, como é necessário no mundo agora, fomos testados para o coronavírus e foram resultados positivos", disse Hanks.

O ator é a primeira grande celebridade norte-americana conhecida a contrair o Covid-19. O coronavírus já infectou mais de 1 mil pessoas nos Estados Unidos.

Hanks viajou para a Austrália para começar a filmar um próximo filme sobre Elvis Presley. Ele está escalado para interpretar o empresário de Presley, o coronel Tom Parker, na produção da Warner Bros.

"Fomos informados de que um membro da empresa de nosso longa-metragem de Elvis, que está atualmente em pré-produção em Gold Coast, na Austrália, testou positivo para Covid-19", disse a Warner Bros em comunicado.

"Estamos trabalhando em estreita colaboração com as agências de saúde australianas apropriadas para identificar e entrar em contato com qualquer pessoa que possa ter entrado em contato direto com o indivíduo".

O comunicado da Warner Bros não mencionou Hanks.

"As filmagens biográficas de Elvis foram encerradas. Entendo que serão 14 dias de quarentena e testes e... nosso coração está com Tom e sua esposa", disse Tom Tate, prefeito de Gold Coast, em entrevista coletiva.

(Reportagem de Dan Whitcomb e Byron Kaye)