Tom Ford mostra seus desenhos sensuais em Los Angeles no fim de semana do Oscar

(Reuters) - O estilista Tom Ford, um dos favoritos das estrelas de Hollywood, ajudou a dar o pontapé inicial do fim de semana do Oscar, na noite da sexta-feira, ao mover seu show de apresentação dos modelos para o outono de 2020 para o sul da Califórnia, para um dos eventos mais antecipados da temporada de moda.

Com uma primeira fila que contou com Renée Zellweger, Jennifer López e Miley Cyrus, Ford mostrou uma vasta coleção de roupas masculinas e femininas, estampadas em tecidos sensuais como rendas pretas e profundos tons de cetim.

Mantendo-se majoritariamente em desenhos sólidos, com exceção de algumas estampas com flores e animais, a coleção do famoso estilista retomou o espírito livre e casual do fim dos anos 1960 e começo dos anos 1970, em um possível aceno ao filme “Era Uma Vez em Hollywood”.

A obra de Quentin Tarantino acontece no verão de 1969 e é um forte candidato ao Oscar, que será entregue no domingo, e deve dar ao ator Brad Pitt sua primeira estatueta. Zellweger também é favorita para vencer pelo seu papel como Judy Garland em “Judy”.

A semana de moda semi-anual de Nova York começou na quinta-feira, mas com uma data mais antecipada do que o normal para o Oscar, em 9 de fevereiro, o prêmio da Academia de Hollywood deve desviar um pouco de atenção - e presença de estrelas - dos eventos de Nova York.

(Reportagem de Chris Michaud e Sebastian Rocandio)