Tom Cruise abre o jogo sobre áudio vazado de surto no set de filmagem

·2 minuto de leitura
Actor Tom Cruise talking and making selfie with his fans during a pause on the set of the film Mission Impossible 7 in Piazza Venezia, just in front of the Victor Emmanuel II Monument (Tomb of the Unknown Soldier). Rome (Italy), November 29th 2020 (Photo by Samantha Zucchi/Insidefoto/Mondadori Portfolio via Getty Images)
Tom Cruise acena para os fãs durante gravações em Roma, na Itália, para "Missão: Impossível 7" (Photo by Samantha Zucchi/Insidefoto/Mondadori Portfolio via Getty Images)

Resumo da notícia:

  • Tom Cruise falou pela primeira vez sobre o áudio em que aparece gritando e ameaçando funcionários de "Missão: Impossível 7" de demissão

  • O ator confirmou a veracidade da gravação em entrevista: "eu disse o que eu disse. Havia muita coisa em jogo naquele momento"

  • Preocupado com o protocolo de segurança contra a covid-19 no set, o ator acredita que o processo de gravação de um filme no meio de uma pandemia foi "emocionante"

Tom Cruise falou pela primeira vez sobre uma das maiores polêmicas envolvendo o seu nome nos últimos tempos: o vazamento do áudio no qual o astro surta com a sua equipe durante as filmagens de "Missão: Impossível 7" após a quebra de protocolo contra a covid-19.

Em entrevista à revista Empire, o ator de 58 anos admitiu a veracidade da gravação. "Eu disse o que eu disse. Havia muita coisa em jogo naquele momento", disse ele. "Mas não era toda a minha equipe. Pedi para que a equipe deixasse o set, e ficaram apenas as pessoas selecionadas", completou.

Leia também:

O ator afirmou à revista que as gravações nunca mais foram interrompidas depois do incidente. Relembrando as muitas paralisações nas filmagens provocadas pelo início da pandemia, ele exaltou a emoção de concluir um filme com tantos imprevistos. 

“Todas aquelas emoções estavam passando pela minha cabeça... E saber que tínhamos começado a fazer um filme foi um grande alívio para toda a equipe... Foi muito emocionante", acrescentou Cruise. Segundo o The Sun, o ator voltou a perder a paciência no set recentemente - mas dessa vez por causa de uma árvore.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O áudio 

Tom Cruise, dessa vez, corre contra os atrasos do próprio filme (reprodução)
Tom Cruise, dessa vez, corre contra os atrasos do próprio filme (reprodução)

Por causa dos seguidos atrasos, "Missão: Impossível 7" só chegará aos cinemas em maio de 2022. Em dezembro, o jornal The Sun publicou o áudio no qual Tom Cruise aparece gritando (aparentemente enquanto usava máscara) e ameaçando funcionários de demissão por descumprirem o protocolo de segurança contra a covid-19.

"Estou ao telefone com toda a m**** dos estúdios à noite, com seguradoras, produtores, e eles estão nos olhando e nos usando para fazer seus filmes", disse o ator. "Vocês entendem a responsabilidade que temos? Porque eu vou lidar com a sua razão. E se vocês não puderem ser razoáveis e eu não puder lidar com a sua lógica, vocês serão demitidos."

"Se eu vir acontecendo (quebra do protocolo), estão acabados. Sem desculpas. O tanto de pessoas que estão perdendo seus empregos nessa indústria, que não estão colocando comida em suas mesas ou pagando por ensino superior", lamenta o ator ainda na gravação. Após o incidente, Cruise chegou a comprar robôs para monitorar a própria equipe.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos