Tom Brady não pretende se aposentar 'tão cedo' em meio a rumores de crise com Gisele Bündchen

Tom Brady diz não pretender se aposentar 'tão cedo' em meio a crise com Gisele Bündchen credit:Bang Showbiz
Tom Brady diz não pretender se aposentar 'tão cedo' em meio a crise com Gisele Bündchen credit:Bang Showbiz

Após polêmica sobre o que teria motivado o fim do casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady, o jogador afirmou que não tem planos de se aposentar tão cedo.

O quarterback do Tampa Bay Buccaneers reafirmou seu “compromisso” com a equipe da NFL, em meio a rumores de que seu retorno ao esporte teria sido o estopim de sua crise conjugal com a modelo.

"Não há aposentadoria imediata no meu futuro. Houve uma aposentadoria no passado, mas eu segui em frente. Assumi um compromisso com essa equipe e amo esse time e amo essa organização", disse o jogador de futebol americano em seu podcast 'Let's Go! Com Tom Brady, Larry Fitzgerald e Jim Gray'.

Tom - que tem o filho Benjamin, 12, e a filha Vivian, 9, com a supermodelo de 42 anos, e o filho Jack, 15, com a ex, Bridget Moynahan - enfatizou a necessidade de "colocar o time em primeiro lugar".

"Eu disse a eles em março que estava jogando e nunca desisti de nada na minha vida e sei, como um grupo de companheiros de equipe, que todos contamos uns com os outros para dar o nosso melhor e trabalhar duro para colocar a equipe em primeiro lugar. Estou sempre tentando dar o meu melhor e sempre tentando me comprometer mais com as coisas que são importantes. E esta equipe é muito importante para mim e certamente quero ser o melhor que posso ser para eles", disse ele.

No início deste mês, uma fonte próxima ao casal insinuou que a decisão de Tom de permanecer na NFL teria motivado o fim de seus 13 anos de casamento.

“Na verdade, nunca pensei que essa briga seria o fim deles, mas parece que é. Acho que não vai ter volta agora. Ambos contrataram advogados e estão analisando o que uma divisão acarretará, quem fica com o quê e como serão as finanças”, relatou um informante.