Tom Brady e Gisele Bundchen finalizam divórcio após casamento de 13 anos

Tom Brady e Gisele Bundchen no Met Gala 2018

(Reuters) - Tom Brady e a modelo brasileira Gisele Bundchen concluíram processo de divórcio, anunciou o atleta da NFL, a liga de futebol americano dos Estados Unidos, nesta sexta-feira.

Brady, que joga no Tampa Bay Buccaneers, disse no Instagram que eles decidiram encerrar o casamento depois de "muita consideração".

Brady e Bundchen têm dois filhos juntos - o menino Benjamin Rein e a menina Vivian Lake. Brady também é pai do garoto John, que teve com sua ex-namorada, Bridget Moynahan.

"Nos últimos dias, minha mulher e eu finalizamos nosso divórcio após 13 anos de casamento. Chegamos a essa decisão amigavelmente e com gratidão pelo tempo que passamos juntos", disse Brady.

"Fomos abençoados com filhos lindos e maravilhosos que continuarão sendo o centro do nosso mundo em todos os sentidos. Continuaremos a trabalhar juntos como pais para sempre garantir que eles recebam o amor e a atenção que merecem."

O jogador de 45 anos, que anunciou sua aposentadoria do futebol americano em fevereiro, mas reverteu sua decisão no mês seguinte, disse que terminar o casamento foi "doloroso e difícil".

"No entanto, desejamos apenas o melhor um para o outro enquanto buscamos novos capítulos em nossas vidas que ainda não foram escritos", acrescentou. “E pedimos gentilmente privacidade e respeito enquanto navegamos no que está por vir nos próximos dias e semanas”.

Bundchen, de 42 anos, disse que o divórcio foi finalizado "amigavelmente".

"Minha prioridade sempre foi e continuará sendo nossos filhos, que amo com todo o meu coração. Continuaremos cuidando deles com amor, cuidado e atenção que eles merecem", disse ela no Instagram.

"A decisão de terminar um casamento nunca é fácil, mas nos distanciamos e, embora seja difícil passar por algo assim, me sinto abençoada pelo tempo que passamos juntos e desejo o melhor para o Tom sempre".

(Reportagem de Manasi Pathak em Bangaluru)