Titi Muller sobre maternidade e autoestima: "É difícil ser empoderada o tempo todo"

·1 minuto de leitura

Titi Muller é gente como a gente. O fato de ser famosa não a torna uma mulher livre de problemas que, provavelmente, você também tem. Mãe do pequeno Benjamin, de nove meses, a apresentadora do Multishow já tentou equilibrar vários "pratos" ao mesmo tempo durante a quarentena, mas aceitou que é impossível manter todas as áreas da vida — maternidade, saúde, autoestima, vida sexual etc. — 100% nesse e em qualquer outro momento. "Entendi que não dá para ter tudo", afirma no Yahoo Entrevista.

A ruiva, que deu à luz em junho do ano passado, confessa que já imaginou como seria a maternidade fora do contexto da pandemia. Hoje, ela e o marido, o músico Tomás Bertoni, da banda Scalene, procuram encarar a realidade do melhor jeito possível. "Preciso achar a beleza e a potência na forma que está agora", diz Titi.

Leia também

E como fica a autoestima em meio à rotina desafiadora do confinamento? "É uma das coisas que está pegando, mas tudo bem eu me sentir 'baranga' também! É difícil ser empoderada o tempo todo... E isso, às vezes, acaba sendo uma carga a mais", opina a apresentadora.

Titi Muller fala também sobre a rotina do casal com o bebê e vida amorosa. Confira a entrevista na íntegra no vídeo acima!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos