Titi Müller diz que família ainda não conheceu Benjamin por causa da pandemia

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
Titi Müller e o filho, Benjamin. Foto: reprodução/Instagram/titimuller_
Titi Müller e o filho, Benjamin. Foto: reprodução/Instagram/titimuller_

Mãe há menos de um mês, Titi Müller tem tido uma experiência bem diferente por causa da pandemia de Covid-19. A família da apresentadora do Multishow ainda nem conheceu Benjamin, o caçulinha da família, por causa do isolamento social. Sua sogra, mãe do músico Tomás Bertoni, foi a única visita durante a quarentena e, mesmo assim, mal pôde ter contato com o neto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Ela nem pegou no colo, só viu de longe. Foi bem sofrido. As minhas irmãs [as atrizes Tuti e Tainá Müller] também não conheceram pessoalmente. Até 14 dias, o bebê faz parte do grupo de risco. Para a puérpera é até pior: são os primeiros 40 dias. A expectativa que eu tinha da maternidade eu nem lembro mais. Virou poeira. Tudo mudou muito”, contou ela à coluna de Patrícia Kogut no jornal “O Globo”.

Leia também:

Segundo ela, o casal não sai de casa nem para ir ao mercado e está 100% focado no bebê, que veio ao mundo após 20 horas de trabalho de parto no dia 11 de junho.

“Eu estava há três dias sem dormir. Sentia uma falta de ar surreal e só dava umas cochiladas no sofá durante o dia. Então, quando entrei em trabalho de parto, parecia que eu tinha corrido uma maratona”, lembrou.

Apesar de tudo, ela diz ter se sentido “a pessoa mais incrível do mundo”. “Vem um negócio muito visceral. É uma preparação muito forte para cuidar do bebê. Se você consegue atravessar o parto, vai conseguir cuidar de um recém-nascido. A cesariana também é uma travessia, claro. Acho que o parto nos escolhe. Eu precisava passar por esse processo longo para a ficha terminar de cair”, afirmou.