TikTok e cultura democrática serão temas de novo documentário de Shalini Kantayya

Catharina Dourado
·1 minuto de leitura
O título e a data de estreia do filme ainda não foram divulgados (Divulgação)
(Divulgação)

O popular aplicativo TikTok será o tema do novo documentário dirigido pela estadunidense Shalini Kantayya. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (10) pela Variety.

O filme promete examinar como um “aplicativo de mídia social, mais conhecido por danças virais, serviu como catalisador para uma controvérsia acalorada e teorias de conspiração sem fim envolvendo os Estados Unidos, China e uma nova Guerra Fria de base tecnológica que moldará o futuro da internet”.

Para isso, o documentário contará com gurus da tecnologia, empresários, políticos e alguns dos performers que se tornaram estrelas da internet para tentar explicar a popularidade do TikTok. Relatórios da Forbes servirão como base.

O projeto também irá analisar os laços entre a startup ByteDance, responsável pela criação do aplicativo, e o Partido Comunista Chinês. Esse relacionamento levou a uma tentativa de proibição do TikTok pelo ex-presidente Donald Trump (EUA).

“A história do TikTok é sobre o futuro das próprias mídias sociais e a crescente tensão entre a cultura jovem democrática e a vigilância autoritária de dados”, disse Kantayya em um comunicado enviado à imprensa. “Estou emocionada por dirigir um filme tão oportuno”.

A diretora é conhecida por criar filmes sobre direitos humanos. Seu trabalho mais recente, “Coded Bias”, estreou no Festival Sundance 2020 e foi indicado ao prêmio de Melhor Documentário no Critics’ Choice Awards.

O título e a data de estreia do filme sobre o TikTok ainda não foram divulgados.