Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena!

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

Por Flávia Akemi (@aqueleglow)

Quando o assunto é moda, tudo é cíclico: o que era novo vira velho, o que era velho vira tendência e o processo se repete. Já aconteceu com as ombreiras, com a pochete e outras várias peças que vão e voltam no nosso guarda-roupa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Dessa vez, a trend que está em alta é o tie-dye. Segundo o “The Insider”, a busca por “tie-dye at home” (tie-dye em casa) cresceu 462% entre usuários do Pinterest. Talvez seja por isso que estamos vendo cada vez mais pessoas usando a padronagem no nosso feed do Instagram, Youtube e TikTok, né?

Leia também

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

Embora o tie-dye seja uma forma de autoexpressão há séculos, o significado da padronagem foi solidificado nas décadas de 1960 e 1970, servindo como um símbolo da rejeição de normas sociais estritas impostas à sociedade nos anos 50.

A cultura hippie rejeitou a violência, pregou amor e buscou o individualismo através do uso do tie-dye em suas roupas. Vale lembrar que a técnica em si foi desenvolvida muitos anos atrás em culturas da Ásia, África e América.

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

"Eu penso no tie-dye como animal print - um novo básico que na verdade não é tão básico. De certa forma, serve para vestir ou fazer roupas chatas - como calças de moletom e camisetas - mais emocionantes e interessantes ", disse Lucy Collins Payne, professora assistente de filosofia do Fashion Institute of Technology, ao site “TODAY Style”.

De fato, o tie-dye têm aparecido nos últimos anos nas passarelas de grandes marcas de moda como Tom Ford, Versace e Dior em versões repaginadas.

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

Quem também ama tie-dye são as celebridades: Justin Bieber, Billie Eilish e Dua Lipa são alguns cantores que usam a padronagem como forma de expressão e adoram desfilar por aí com suas peças coloridíssimas.

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

A volta do tie-dye ganha um novo significado na quarentena. Com o isolamento social, muitas pessoas estão buscando atividades para botar a mão na massa e criar produtos artesanais em casa. Nesse contexto, o tingimento surge como uma alternativa fácil e barata para customizar roupas e acessórios.

Tie-dye: a tendência de moda oficial da quarentena! Arte: Flávia Akemi

Como o próprio nome já diz, a técnica consiste em “amarrar” (tie) e “tingir” (dye) para chegar ao resultado final. Ficou com vontade de fazer? Você precisará de corantes/tintas para tecido (se a sua peça for de cor clara) ou água sanitária (se a sua peça já for colorida).

Além disso, elásticos de borracha ou barbante, luvas para proteger a pele e jornais ou sacos de lixo para forrar a superfície de trabalho são essenciais. Basicamente, ao ser amarrado, partes do tecido ficam isoladas e criam desenhos com manchas coloridas mescladas únicas - e lindas! Que tal? Confira abaixo alguns tutoriais com passo-a-passo e depois conta pra gente o que você achou nos comentários: