Ticiane Pinheiro fala sobre forma após gravidez: "Já estou cabendo nas minhas calças 36"

Ticiane Pinheiro com a filha caçula, Manuella. Foto: reprodução/Instagram/ticipinheiro

Dois meses depois do nascimento de Manuella, Ticiane Pinheiro começa a retomar a rotina de compromissos profissionais. Já tem data, inclusive, para voltar ao comando do “Hoje em Dia”: dia 14 de outubro. Tantas atividades já se refletem na silhueta da loura.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Engordei uns 11kg na gravidez, mas nem me peso, porque não gosto, nem na gestação. Eu sempre comia pra ela, porque eu não tinha fome de besteira, só de comida. Na gravidez da Rafa, engordei quase 17kg. Eu só me pesava no médico. Não sei se perdi tudo, mas já estou cabendo nas minhas calças tamanho 36. Já a Rafa eu demorei 7 meses pra voltar ao corpo de antes”, afirmou, em entrevista à “Quem”.

Leia também:

No retorno à TV, ela já tem tudo no esquema: “Manu vai comigo, porque meu programa dura só 2 horinhas. Ela fica dormindo no meu camarim”.

Mas o sentimento de culpa, comum a tantas mães, aparece quando a apresentadora precisa se afastar da caçula. “Teve festinha da escola da Rafa, e fiquei torcendo pra ela dormir o tempo todo. Pra festa de aniversário da Rafa eu sabia que ia ficar quatro horas fora. Tirei leite, fui, deixei com minha sogra, a babá e o César [Tralli, seu marido], que só foi pro parabéns”, disse ela, sobre a comemoração dos 10 anos da filha mais velha, Rafaella Justus.

Segundo ela, o jornalista é um “superpaizão coruja”. “Nunca achei que ele seria tão participativo, mas ele é muito! Durante a semana, ele fica fora o dia inteiro. Final de semana, ele quer fazer tudo: colocar pra dormir, dar banho... aí eu deixo [risos]. Ele está aprendendo tudo com Manu. Ele nem sabia segurar, mas agora gosta muito. Ela presta atenção nele, já está muito esperta”, conta.

Rafinha também já entrou na nova rotina. “Durante a gestação não teve ciúmes. Estava rolando um pouco no começo, porque eu deixo de brincar com ela pra trocar fralda, ir ao pediatra, dar de mamar. Mas agora é um amor muito grande. Deixo ela participar de tudo comigo ali olhando. Ela está toda apaixonada pela irmã”, contou.