Thiago Martins rebate críticas e diz que não é contra cotas

**ARQUIVO** RIO DE JANEIRO, RJ, 26.02.2017: O ator Thiago Martins no primeiro dia do Carnaval na Sapucaí, no Rio. (Foto: Raquel Cunha/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Thiago Martins, 31, atualmente no ar como o Ryan da novela "Amor de Mãe" (Globo), usou as redes sociais nesta sexta (17) para rebater uma série de críticas que recebeu após uma entrevista sobre cotas.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Ao youtuber Bruno Simone, Thiago disse que é "contra e dói em mim, a cota é vergonhoso no país". O vídeo gerou enorme repercussão negativa para o ator.

Mas ele decidiu esclarecer a situação. Em sua conta no Instagram, disse que é contra o sistema, e não contra as cotas em si.

"Sou contra o sistema e não contra as cotas. Sou cria da favela do Vidigal, tenho consciência da minha cor e vi de perto a discriminação. Aliás, vejo até hoje", escreveu.

"Tenho amigos do Nós do Morro que não tiveram a mesma oportunidade que eu", disse sobre o grupo teatral, "e isso só reforça que o preconceito não acabou, ainda temos um longo caminho a percorrer".

"Infelizmente vivemos em um país racista e preconceituoso. Hoje tenho consciência do lugar de privilégio que alcancei. Acredito que o Brasil só vai pagar sua dívida histórica quando tiver políticas públicas que garantam a todos igualdade de condições e oportunidades de desenvolvimento."

"Cotas não são esmolas, é o mínimo que o Estado pode fazer para uma reparação histórica e cultural. Enquanto os negros não forem maioria nas unidades e nos lugares de poder, nada vai mudar. Repito: o que quis dizer é que sou contra o sistema, e não contra as cotas! Antes do ataque, estou aberto ao diálogo. Acredito que assim chegaremos a lugares melhores", finalizou.