Thelma responde a Conká que sua coerência a protegeu no BBB 20

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em conversa com outros participantes do BBB 21, a cantora Karol Conká afirmou nesta quarta-feira (3) que a médica Thelma de Assis, vencedora do BBB 20, foi protegida pela cantora Manu Gavassi e a influencer Rafa Kalimann. Conká disse que fica muito preocupada porque o Brasil é um país racista e as pessoas adoram colocar o "pretinho no chinelo, botar o pretinho lá embaixo". Ela falou ainda que Thelma foi protegida pelas amigas Manu e Rafa no reality. " Só que ela não conseguiu sozinha, ela tinha que ter as amigas brancas por ela. Eu não tenho amigas brancas aqui por mim", afirmou. Em resposta a Conká, Thelma publicou nas redes sociais que ocupou todos os espaços que desejou provando para as pessoas que caráter e boa índole não têm cor. "Quem me protegeu lá dentro foi a minha coerência, foi a minha consciência negra de jamais oprimir um dos meus, ao contrário do que tem sido feito". Na postagem seguinte, a médica escreveu que está na hora dos brothers acordarem para o jogo e pararem de se comparar com a galera do ano anterior. " Quem nasceu para 21, nunca será 20", disse. Revolta com a afirmação da cantora, Rafa Kalimann retuitou nas redes sociais o vídeo de Conká falando de Thelma e escreveu que a amiga ganhou o reality porque fez um jogo lindo e de muito orgulho. "A Thelma chegou onde chegou porque é forte, soube respeitar e se posicionar, fez um jogo lindo e de muito orgulho, representou. Esse mérito é dela. Não aguento mais ouvir os absurdos vindos dessa mulher. Nem tente se comparar com a postura e índole da Thelminha. Que vergonha!", escreveu. Nas duas postagens seguintes, a influencer escreveu que a cantora é vazia e que é a participante que está causando mais revolta no reality. "Agora eu vi mesmo, a participante de reality que mais está causando revolta e rejeição no Brasil por ser tão desumana falando da campeã da última edição! Agora eu tremi aqui pra valer viu".