Thelma Assis desabafa sobre morte de João Alberto: "A gente não aguenta mais"

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
Thelma Assis apresenta o "É de Casa". Foto: reprodução/TV Globo
Thelma Assis apresenta o "É de Casa". Foto: reprodução/TV Globo

Thelma Assis estreou como apresentadora do “É de Casa”, numa participação especial neste sábado (21), em homenagem ao Dia da Consciência Negra. A médica aproveitou sua visibilidade no programa para desabafar sobre a morte de João Alberto Silveira Freitas, espancado por seguranças de um supermercado Carrefour, em Porto Alegre, no último dia 19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Eu estou muito feliz de estar aqui, mas, ao mesmo tempo, triste por vem mais um cidadão negro assassinado. E bem na véspera do Dia da Consciência Negra! A gente não aguenta mais esse tipo de notícia”, afirmou a ex-BBB, antes de passar a palavra para o colega Manoel Soares.

Leia também:

Mais tarde, o programa exibiu notícias sobre os protestos contra o racismo, motivados pelo assassinato, e uma entrevista com João Batista Rodrigues Freitas, pai de João Alberto.

Mais uma vez, Thelminha comentou a violência que ceifa vidas negras diariamente no Brasil. “A cor da nossa pele não pode ser fator de risco para as nossas vidas”, afirmou.

O posicionamento firme da médica impressionou os internautas, que celebraram sua presença no programa e a dobradinha com outra mulher negra, Maju Coutinho, na chamada para as notícias do “Jornal Hoje”. A presença da ex-BBB no comando do programa foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube