Thaynara OG chora ao relembrar lipo invasiva: 'Poderia ter partido por uma besteira'

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A influenciadora Thaynara OG, 28, foi às lágrimas ao recordar um dos piores momentos de sua vida: o dia em que resolveu passar por uma cirurgia de lipoaspiração. De acordo com ela, o procedimento aconteceu em março de 2020 e foi feito por um médico que ela não conhecia. "Apesar de eu atender a muitos padrões de beleza, tenho minhas insatisfações com o corpo. Em março de 2020 decidi fazer lipo. É extremamente invasivo então devemos achar um profissional que confiamos. Mas não fui por esse caminho. Decidi por fazer uma técnica famosa e apostei", começou. Porém, algo deu errado. O pós-cirúrgico foi complicado e ela teve de receber duas bolsas de sangue. "Eu não estava bem. Sabe aquela inquietude de mãe? A minha sabia que eu estava pálida e desfalecida. Estava amarela. Eu tive que ir para a UTI. Todo mundo tenso sem entender nada. Eram dias que eu não saía da cama e não podia andar. Não conseguia dormir de tanta dor." Ao todo foram sete dias de internação. "Eu me coloquei nessa situação, minha família toda vulnerável e tensa por minha culpa. Eu poderia ter partido por uma besteira. Foram meses horríveis, recuperação lenta. Tudo isso foi mexendo com a minha cabeça", afirma ela que também contou que a irmã teve gatinhos de ansiedade e que o pai passou mal. O momento foi revelado por ela por causa da morte da colega influenciadora digital e empresária Liliane Amorim, que morreu na manhã deste domingo (24), aos 26 anos, devido a complicações causadas por uma cirurgia de lipoaspiração. Com mais de 140 mil seguidores no Instagram, Liliane havia feito o procedimento no dia 9 de janeiro. Após cerca de uma semana, ela precisou ser internada no hospital Unimed de Juazeiro do Norte, no Ceará, com um quadro de infecção generalizada. Ela passou então por uma segunda operação e, desde o dia 17, estava na UTI, em estado grave, que piorou de forma acentuada na noite deste sábado (23).