Thammy defende equidade e garante: “Ser pai é ensinar o respeito ao próximo”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Thammy Miranda e o filho Bento (Foto: Reprodução/Instagram @thammymiranda)
Thammy Miranda e o filho Bento (Foto: Reprodução/Instagram @thammymiranda)

Thammy Miranda vive neste domingo (9) seu primeiro Dia dos Pais ao lado do pequeno Bento, que completa também nesta data seu sétimo mês, e da mulher Andressa Ferreira. O ator e político enfrentou nas últimas semanas muitas críticas por ter sido ele, um homem transexual, o escolhido para representar a paternidade na campanha publicitária da marca Natura.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Em conversa exclusiva com o Yahoo, Thammy, que ouviu, entre outras coisas, que não era um pai que representasse outros, respondeu a seguinte pergunta: O que é ser pai?

Leia também

“Ser pai é dar amor e carinho ao meu filho. É ensinar meu filho a ter bom caráter, boa índole e respeitar o próximo. Ser pai é brincar com meu filho. É ensinar ele que é preciso ser corajoso, forte e um menino do bem”, resumiu ele.

A figura paterna nas famílias brasileiras ainda é raridade. Mais de 5,5 milhões de crianças no Brasil não têm o nome do pai no registro de nascimento, segundo pesquisa do IBGE em 2019. Isso porque, entre 2005 e 2015, o número de famílias compostas por mães solo no Brasil subiu de 10,5 milhões para 11,6 milhões. Além disso, segundo a mesma pesquisa, mesmo em famílias nas quais existia um 'pai', 84% das crianças brasileiras com menos de 4 anos tinham a mãe como responsável.

Ainda em especial para Yahoo, Thammy participou, ao lado de outros pais famosos, de uma matéria publicada neste sábado (8), na qual questionamos: “O que você, pai, está fazendo na criação do seu filho para que o ‘machismo tóxico’ deixe de existir?”

“O Bento ainda é muito pequeno, porém aqui em casa o tema machismo já é muito conversado. O machismo não cabe na nossa vida, na nossa família. Com certeza aqui todos somos iguais. Todos somos capazes e podemos as mesmas coisas. É assim que meu filho será sempre criado”, afirmou o ator.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos