Thaila Ayala confundiu sintomas de gravidez com doença grave: "Susto grande"

Thaila Ayala em evento no Rio de Janeiro (Foto: Roberto Filho/BrazilNews)
Thaila Ayala em evento no Rio de Janeiro (Foto: Roberto Filho/BrazilNews)

Grávida do segundo filho, Thaila Ayala custou a acreditar que os sintomas indicavam uma gestação. A atriz, que já tinha agendado o congelamento de óvulos, pensou que seu corpo estava dando sinais da SOP (Síndrome do Ovário Policístico), doença que também atinge outras famosas, como Larissa Manoela.

"Eu tinha certeza absoluta de que não estava grávida, porque na minha cabeça não tinha como isso acontecer. Fiz o teste porque sempre tive ovário policístico. Jurava que estava tendo algum sintoma disso. Pedi um teste na farmácia só por desencargo de consciência. Eu já ia marcar uma consulta para ver se estava formando algum cisto ou não. E aí deu positivo!", revelou em entrevista à colunista Patrícia Kogut.

Segundo Thaila, Renato Góes tinha ido à padaria quando ela fez o teste de farmácia. "Quando ele chegou em casa, eu ainda estava em choque. Ele me ajudou a me acalmar. Foi um susto muito grande que eu levei na hora porque eu nem cogitava essa possibilidade. Depois desse momento, entendi que veio na hora que tinha que vir, veio na hora certa de Deus para nossa família. Daí em diante foi só celebração, só comemoração", completou a estrela.

Sexo do bebê

No último fim de semana, Thaila e Renato fizeram um chá revelação para descobrir o sexo do bebê. Os dois, que já são pais de Francisco, ficaram muito felizes quando descobriram que vem uma menina por aí.

"O dia em que a ariana amou estar errada! Mamãe literalmente foi para o chão de tão surpresa, minhas pernas falharam, mas meu coração explodiu!", escreveu a atriz no Instagram.

No vídeo, após estourar um balão, Thaila começa a chorar e se ajoelha, sendo amparada por Renato. "Vem, Tereza, completar essa família! A gente já te ama muito!", completou.

O que é a síndrome dos ovários policísticos?

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é uma alteração hormonal comum que pode acontecer em mulheres de todas as idades, apesar de ser mais frequente no início da adolescência. Ela é caracterizada por alterações nos níveis de hormônios circulantes no sangue, o que acaba por favorecer a formação de diversos cistos no ovário, levando ao surgimento de sintomas como menstruação irregular e dificuldade para engravidar.

Quais são os sintomas?

Por conta do aumento dos níveis de hormônios masculinos no corpo da mulher, também podem surgir outros tipos de sintomas como o crescimento de pelos no rosto e corpo, além do surgimento de acnes. Queda de cabelos, aumento de oleosidade da pele, ganho de peso de forma não intencional e o atraso no desenvolvimento das mamas, também são sinais da síndrome. As manifestações podem variar de mulher para mulher e de acordo com as alterações hormonais.