Terry Crews pede desculpas a Gabrielle Union por comentários sobre suas alegações de racismo na TV

Redação


Terry Crews pediu desculpas na última sexta-feira, 31, por seus comentários sobre as alegações de racismo que Gabrielle Union fez ao programa America's Got Talent, da emissora NBC.

A atriz, que é negra, abandonou o reality show em novembro de 2019, após pedir que os produtores denunciassem para o setor de recursos humanos uma piada racista que ouviu do comediante Jay Leno no set de filmagem.

Segundo ela, o homem brincou nos bastidores dizendo que os cães de Simon Cowell, criador da atração, "estavam no menu de um restaurante coreano" - em menção ao costume alimentar de algumas pessoas da Coreia do Sul.

A denúncia não resultou em punições para Leno, e o caso foi comentado com Terry Crews no fim de janeiro durante o programa Today. O ator é jurado do America's Got Talent e disse que as alegações de racismo de Gabrielle não refletiam sua experiência no programa de talentos.

O comentário gerou em alguns fãs a impressão de que ele queria invalidar a experiência da colega de trabalho, o que o levou a se redimir dizendo que precisa aprender a "reconhecer a dor de outras pessoas."

"Quero me desculpar pelo comentário que fiz. Sei que há muitas mulheres negras feridas e decepcionadas com o que eu disse e também com o que eu não disse", afirmou pelo Twitter. "Nunca foi minha intenção invalidar sua experiência, mas foi o que fiz. Peço desculpas", completou num tuíte endereçado diretamente à Gabrielle.

* Com informações da agência AP.