Tenista João Souza, o Feijão, insinua que irmã levou coronavírus para Mogi

*ARQUIVO* O tenista João Souza, o Feijão. (Foto: Lalo de Almeida/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O tenista João Souza, conhecido como Feijão, publicou nas redes sociais um vídeo em tom de brincadeira no qual sugere que a irmã, Maria Clara Souza, teria levado o coronavírus a Mogi das Cruzes, município de São Paulo que tem um caso do vírus confirmado.

"Eu levei o coronavírus para Mogi, desculpa, gente. Agora estou ótima, não estou de quarentena, e sigo plena. Vocês que lutem, Mogi que lute", diz Maria Clara no vídeo, enquanto Feijão dá risada. "Mogi decretou estado de calamidade pública. E por causa de quem? Desta pobre louca aqui", responde ele.

Por conta da repercussão negativa entre os seguidores, horas após publicar o vídeo, Feijão apagou o vídeo e se desculpou "com quem achou que foi de mau gosto".

"Brincadeira de mau gosto para uns, falta de assunto para outros, motivos para julgar e carinho das pessoas que se preocupam. Não estamos e muito menos passamos coronavírus para ninguém; era só um papo entre irmãos que gravei e postei. Quem achou que foi de mau gosto, nos desculpem. Aos poucos que realmente se preocupam, sim, estamos bem, saudáveis e em casa", afirmou.