Teatro resgata plateia presencial mas mantém modelo virtual da pandemia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A plateia digital criada na pandemia pelo Teatro Sérgio Cardoso, um dos principais espaços culturais da capital paulista, fechou 2022 em queda. E os números do presencial ultrapassaram o cenário anterior à chegada do vírus que trancou as portas para os visitantes.

O público virtual, que superou a marca dos 560 mil em 2020, terminou o ano passado em pouco mais de 18 mil. Já a plateia presencial, que desceu para menos de 7 mil naquele ano, chegou a 126 mil em 2022. O novo patamar do presencial supera os 116 mil registrados em 2019, antes da pandemia.

Mesmo com a acomodação da audiência virtual, o formato virtual seguirá com programação gratuitas ativa.

A instituição ocupou as salas Nydia Lícia e Pascoal Carlos Magno com seis câmeras de resolução digital 4K para transmitir montagens em cartaz no site do teatro.