TCU apura falta de liberação de recursos de fundos da Cultura e do Audiovisual

MÔNICA BERGAMO
·1 minuto de leitura
O presidente Jair Bolsonaro e a secretária especial da Cultura, do Ministério do Turismo, Regina Duarte (Antonio Cruz / Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro e a secretária especial da Cultura, do Ministério do Turismo, Regina Duarte (Antonio Cruz / Agência Brasil)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O TCU (Tribunal de Contas da União) notificou a Secretaria Especial da Cultura e a Ancine (Agência Nacional do Cinema) para prestar esclarecimentos sobre a não liberação de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual e do Fundo Nacional da Cultura em 2019 e 2020.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

O TCU encaminhou no dia 8 de maio o ofício. O órgão apura "possíveis irregularidades" ocorridas na pasta e na Ancine relacionadas "a paralisação em 2019 e 2020, da política de fomento direto à cultura" por meio dos dois fundos. As autoridades terão prazo de 15 dias para responder aos questionamentos.

Leia também

A Ancine diz que teve conhecimento do pedido de informações pela pasta da cultura, mas que ainda não foi notificada. "A Ancine é a secretaria-executiva do FSA e nesta qualidade vai prestar as informações devidas ao tribunal", diz em nota.

A secretaria informa que recebeu a notificação e "está tomando todas as providências".