Taylor Swift e Obama roubam cena em cerimônia do Hall da Fama do Rock

·1 min de leitura
Taylor Swift durante cerimônia do Hall da Fama do Rock em Cleveland

Por Alicia Powell

CLEVELAND (Reuters) - A cantora Taylor Swift fez uma serenata para Carole King, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, elogiou o rapper JAY-Z e Paul McCartney prestou homenagem aos Foo Fighters neste sábado durante cerimônia do Hall da Fama do Rock & Roll que também homenageou Tina Turner e The Go-Gos.

Obama, em chamada de vídeo, classificou JAY-Z, vencedor de 23 Grammys, como "a personificação do sonho americano" por sua ascensão de um bairro pobre de Nova York a um bilionário compositor, executivo de gravadora e empresário do meio musical.

Aos 51 anos, JAY-Z ficou emocionado com as homenagens, não só de Obama como também do comediante Dave Chappelle.

"É demais. Estão tentando me fazer chorar na frente de toda essa gente branca!", ele brincou.

Taylor Swift abriu o show com uma versão pop de "Will You Love Me Tomorrow", enquanto Jennifer Hudson cantou "A Natural Woman" em homenagem à cantora e compositora Carole King, de 79 anos, que também foi aos palcos e cantou junto ao público o seu hit "You've Got a Friend".

"Conheço a música de Carole King desde que me conheço por gente", disse Swift.

Christina Aguilera fez um medley dos maiores sucessos de Tina Turner. A cantora de "Simply the Best", que agora vive tranquilamente na Suíça, não pôde comparecer à cerimônia de sábado, mas enviou seus agradecimentos por vídeo.

"Se eles ainda estão me dando prêmios aos 81 anos, devo estar fazendo algo certo", disse ela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos