Taylor Swift e Ariana Grande aprovam distanciamento social para conter o coronavírus

.

LOS ANGELES (Reuters) - O ator de filmes de ação Arnold Schwarzenegger pediu aos norte-americanos para "ignorarem os imbecis", Lady Gaga disse que está ficando em casa com os cachorros e Taylor Swift disse que sacrifícios são necessários ao exortar seus 128 milhões de fãs a praticarem o distanciamento social na tentativa de conter o coronavírus.

Enquanto as autoridades dos Estados Unidos intensificam os pedidos para os cidadãos irem além de lavar as mãos e se isolarem o máximo possível, Ariana Grande e Heidi Klum se uniram ao coro de celebridades que apelam por uma redução drástica das interações sociais.

"Estou vendo muitas reuniões e galeras e festas ainda acontecendo. Esta é a hora de cancelar planos, de realmente se isolar o máximo que se puder", escreveu Swift em uma rede social no domingo.

"É um momento muito assustador, mas precisamos fazer sacrifícios já", disse a intérprete de "Fearless".

Nova York e Los Angeles anunciaram o fechamento de bares, cinemas e restaurantes a partir desta segunda-feira. A contagem de mortes do surto subiu para 65 no final de semana.

Schwarzenegger, astro da franquia "O Exterminador do Futuro" e ex-governador da Califórnia, publicou um vídeo em que aparece à mesa da cozinha abraçando seus dois cavalos em miniatura.

"Não saímos. Não vamos a restaurantes. Não fazemos mais nada assim", disse ele no domingo. "Fiquem em casa o máximo possível. Ouçam os especialistas, ignorem os imbecis."

Ariana pareceu estar reagindo a postagens feitas por pessoas nas redes sociais no final de semana se gabando de frequentar bares, restaurantes e locais públicos apesar do surto de coronavírus.

"É incrivelmente perigoso e egoísta encarar esta situação com tanta leviandade", disse a cantora de "7 Rings", que tem 177 milhões de seguidores no Instagram. "Por favor, não façam vista grossa."

A ex-Bond girl Olga Kurylenko, que atuou em "007 – Quantum of Solace" em 2008, anunciou no domingo que está "trancada em casa" desde que foi diagnosticada com coronavírus, engrossando a lista de celebridades vitimadas pela doença, que conta com Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson.

Modelo e juiz do programa "America's Got Talent", Heidi Klum disse que está mantendo distância do marido músico Tom Kaulitz desde que teve uma febre uma semana atrás. Ela disse que fez um exame de coronavírus, mas não informou o resultado desde então.

A cantora Miley Cyrus apelou para que os fãs parem de fazer compras por pânico e a armazenar e sejam conscienciosos enquanto se preparam para o distanciamento social. "NINGUÉM precisa de todas as sopas da loja", tuitou ela.

(Por Jill Serjeant)