Tatsu Carvalho, brasileiro de 'It's a Sin', não vê injustiça em derrota no Bafta

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Único ator brasileiro no elenco da série "It's a Sin", criada por Russell T Davies, o carioca Tatsu Carvalho, 45, não vê injustiça no fato de a trama não ter vencido nenhuma das principais categorias do Bafta TV Awards 2022, o Oscar da TV britânica. A premiação aconteceu no Royal Festival Hall de Londres, no domingo (8).

"Essa série foi a que recebeu o maior número de indicações e vencemos nas categorias técnicas como Edição e Direção. Não considero injustiça não termos vencido nenhuma outra, é do jogo. Claro que a expectativa era grande pelo número alto de possibilidades, mas não é de hoje que vemos programas muito legais não ganharem nada", diz ele.

Nesta segunda-feira (9), houve uma grande comoção por parte de fãs do trabalho de Russel pelo fato de a história, indicada a 12 quesitos, ter passado em branco pelas categorias mais conhecidas como melhores atores, coadjuvante e melhor série. A repercussão negativa chegou a ser publicada por sites como o Daily Mail e muita gente apontou a homofobia como explicação para a história, que gira em torno da epidemia de HIV/Aids na década de 1980, sair da premiação no zero.

Mas Carvalho discorda. "Os fãs ficaram mais incomodados do que nós. Eu não estava presente [no evento], mas os atores que foram se sentiam felizes e honrados com tantas indicações. Já é um grande reconhecimento. Se não tivéssemos tido nenhuma indicação, aí sim eu veria injustiça", explica.

O ator carioca reitera que falar em uma possível homofobia seria "criar polêmica que não é real". "Não tem nada disso. É parte do jogo disputar e não vencer. Outras séries boas ganharam", emenda o ator que também pode ser visto na série de sucesso da Netflix "O Gambito da Rainha".

Formado em Marketing, Tatsu Carvalho começou a fazer teatro há 20 anos. Em determinado momento da carreira, viajou para Nova York para fazer cursos e foi a partir disso que as portas internacionais começaram a se abrir para ele. O artista também participou de produções como "Girlfriends" (ITV) e Shakespeare & Hathaway (BBC).

Mas o ator também trabalha no Brasil. Após ter atuado em temporadas de "Sob Pressão", "Detetives do Prédio Azul" e "Arcanjo Renegado", ele gravou mais uma temporada de "Arcanjo" na pele do vice-governador do Rio Antônio Faustini que se deixa levar por caminhos ilícitos e chega em agosto. Também se prepara para filmar uma temporada de "Cidade Invisível". "E depois já volto para Londres, pois surgiu um novo trabalho por lá", entrega.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos