Tatiana Maslany foi rejeitada "várias vezes" na Marvel antes de estrelar Mulher-Hulk

Tatiana Maslany como Jennifer Walters na série
Tatiana Maslany como Jennifer Walters na série "Mulher-Hulk". (Foto: Divulgação/Marvel Studios)

Antes de estrelar "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis", Tatiana Maslany já tinha tentado estrelar outros projetos da Marvel, mas tinha sido rejeitada pelo estúdio. Conhecida por seus múltiplos papéis na série "Orphan Black", a atriz revelou que tentou participar de “Venom “(2018).

Em entrevista concedida ao podcast “Comedy Bang Bang”, a artista contou que tentou fazer parte do Universo Cinematográfico da Marvel há alguns anos, mas só agora conseguiu. "Me rejeitaram várias vezes. Tentei fazer 'Venom'. Não o próprio Venom," explicou.

"Era para a namorada dele ou algo do tipo. Não de Eddie Brock, apenas do Venom, do simbionte. Ela foi cortada", brincou. O papel mencionado é de Anne Weying, interesse romântico do anti-herói na história, que acabou ficando com Michelle Williams.

Quebrando a quarta parede em "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis", a atriz dá vida a Jennifer Walters, uma advogada solteira na casa dos 30 anos. Ela acaba recebendo uma transfusão de sangue por engano do primo, Bruce Banner, o Hulk, e também se transforma em uma gigante esmeralda.

Agora, a protagonista precisa conciliar sua carreira como especialista em casos jurídicos sobre-humanos com sua própria versão super poderosa e de dois metros de altura.

O primeiro episódio de "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis" será lançado nesta quinta-feira (18) no Disney+. O restante dos capítulos serão liberados semanalmente na plataforma de streaming.