Tatá Werneck defende Carla Diaz após comentário machista: "O cara é babaca"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tatá Werneck está do lado de Carla Diaz (Foto: Reprodução/Globo)
Tatá Werneck está do lado de Carla Diaz (Foto: Reprodução/Globo)

O relacionamento de Carla Diaz e Arthur Picoli não para de repercutir nas redes sociais. O comportamento do educador físico tem levantado discussões sobre machismo, relações tóxicas e masculinidade frágil. Apesar disso, muitas pessoas culpam a atriz por não abrir os olhos para as atitudes do ficante.

Nesta terça-feira (16), Tatá Werneck saiu em defesa de Carla após uma internauta dizer que sente vontade de agredir a artista para que ela termine com Arthur. "Dá vontade de entrar lá e dar três tapas na cara dela para ver se ela para de se humilhar para esse macho", diz o post.

Leia também

Tatá não gostou nada do comentário e deixou claro que Carla Diaz não pode ser culpada pelas atitudes do homem. "Por que na cara dela? Nunca se apaixonou e não foi correspondida? O cara é babaca, arrogante e a galera só critica a mulher apaixonada. Só tem fodona que nunca sofreu por amor. Nunca se iludiu. Nunca amou sozinha. Ah gente", escreveu ela.

Nas redes sociais, fãs de Carla Diaz agradeceram o apoio de Tatá e subiram a tag "Carla não tem culpa". Esta não é a primeira vez que a esposa de Rafa Vitti comenta sobre o relacionamento da sister. Recentemente, Tatá disse que Arthur lembra um ex-namorado que no momento em que ela mais precisou falou que ia ficar com os amigos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos