Rescisão de Tardelli vai gerar economia superior a R$ 20 milhões

(Foto: Reuters)

Diego Tardelli não é mais jogador do Grêmio. Na manhã desta quinta-feira, o clube anunciou de forma oficial a rescisão do contrato com o atacante e o Blog apurou que o acordo vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 23 milhões.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

É que Tardelli tinha contrato com o Grêmio até dezembro do ano que vem, ou seja, embolsaria mais R$ 26 milhões entre salários, direitos de imagem e luvas. No acerto firmado na noite desta quarta-feira, o jogador aceitou receber R$ 3 milhões para rescindir de forma amigável com o Grêmio.

Leia também:

A saída de Tardelli vinha sendo discutida desde o fim do Campeonato Brasileiro do ano passado. Desmotivado, o centroavante chegou a pedir para o presidente Romildo Bolzan e para o técnico Renato Gaúcho que o liberassem durante o ano de 2019. Na oportunidade, porém, ele foi convencido a ficar, porque existia esperança de uma volta por cima.

Como o futebol de Tardelli não evoluiu, o próprio Grêmio no fim do ano passado se convenceu de que o melhor era romper o contrato, que vai permitir um alívio mensal de R$ 1 milhão na folha de pagamento. A tendência é de que esse dinheiro seja usado para a contratação de até três novos reforços.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter