'Tarde demais para ter medo', diz atriz russa que viajará à ISS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
(ARQUIVO) A atriz Yulia Peresild no Centro de Treinamento de Cosmonautas de Gagarin em Star City nos arredores de Moscou, em 09 de setembro de 2021 (AFP/Andrey SHELEPIN)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A atriz russa Yulia Peresild declarou nesta quinta-feira(16) que é "tarde demais para ter medo", duas semanas antes de sua decolagem para a Estação Espacial Internacional (ISS), onde vai rodar o primeiro filme de ficção em órbita.

"Se você tem medo de lobos, não deve ir para a floresta. É tarde demais para ter medo", disse a atriz em entrevista coletiva online.

O diretor Klim Shipenko e Peresild partirão no dia 5 de outubro com o colega cosmonauta russo Anton Shkaplerov da base espacial de Baikonur, no Cazaquistão, para uma missão de 12 dias à ISS, onde trabalharão em condições de gravidade zero.

"Será um drama", disse Shipenko, acrescentando que a heroína do filme é "uma médica que se propõe a viajar para a ISS para salvar a vida de um cosmonauta".

Anton Shkaplerov, comandante da missão espacial, além dos cosmonautas russos Oleg Novitski e Pyotr Dubrov, atualmente a bordo da estação, também participarão das filmagens como atores, acrescentou.

Yulia Peresild disse que adorou o voo de treinamento para a falta de gravidade a bordo de um avião da Iliushin. “Riram de nós, perguntando-se se tínhamos sacos suficientes (para vomitar) mas foi magnífico, um grande prazer”, disse.

A atriz também comentou que teve problemas para comprar maquiagens para seu kit 'espacial' com critérios muito rígidos: sem vidro, todo de plástico, de um tipo específico, nada deve se espalhar.

“A vendedora não entendeu o que eu queria e eu disse a ela que estava preparando um kit para ir para o espaço”, contou aos risos.

Shipenko já aprecia o cardápio que o espera a bordo da estação, "muito mais variado que o de um restaurante", com pratos da culinária russa e caucasiana, além da tradicional sopa ucraniana de beterraba, borsch, muito comum na Europa Oriental.

vvl/apo/clr/age/eg/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos