Taís Araújo faz homenagem para irmã durante pandemia: "Sinto medo na sua voz"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
A postagem emocionou os seguidores da atriz (Foto: Reprodução/Instagram/@taisdeverdade)
A postagem emocionou os seguidores da atriz (Foto: Reprodução/Instagram/@taisdeverdade)

Irmã de uma médica que tem se dedicado muito durante a pandemia do novo coronavírus para atender a demanda de pacientes, Taís Araújo fez um texto emocionante em suas redes sociais nesta terça-feira (7).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Segundo ela, a irmã Cláudia Araújo atende em um consultório particular e em um hospital público de Brasília e tem sofrido muito com tudo que anda acontecendo no mundo.

Leia também:

Taís compartilhou uma foto da irmã fazendo um parto e disse que chorou quando recebeu a imagem. “Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente”, contou.

A artista conversa com a irmã por telefone todos os dias e sofre ao vê-la preocupada. “Sinto o medo na sua voz, mas também sinto tanta coragem, comprometimento e empenho de quem estudou e estuda para cuidar do outro com a certeza da escolha do seu ofício”, elogiou a artista.

Na publicação, Taís ainda disse que o símbolo da esperança presente no parto tocou seu coração e a fez chorar pensando em tudo que estamos encarando durante a pademia. “Chorei porque achei lindo, chorei de medo, chorei muito”, escreveu ela, deixando palavras de amor e gratidão aos que precisam estar nas ruas para garantir a segurança e informação das pessoas.

“Deixo aqui meu respeito aos profissionais que estão nas ruas, seja nos mercados, nas farmácias, no volante, nas entregas, na segurança, nos hospitais. Deixo meu respeito aos garis, aos jornalistas. Deixo meu respeito a quem está no corre e não pode parar. Rezo muitas vezes por dia pra que tudo passe e que consigamos preservar o maior número de vidas possível. A todos vocês, profissionais que estão no front, todo meu respeito e gratidão”, finalizou.