Taís Araujo detalha recepção com Viola Davis: “Afeto, união e respeito”

Taís Araujo (Foto: Roberto Filho/Brazil News)
Taís Araujo (Foto: Roberto Filho/Brazil News)

Durante a première de “A Mulher Rei”, no Rio de Janeiro, Taís Araujo conversou com jornalistas e contou tudo sobre o jantar que deu em casa, no último fim de semana, com a presença da estrela do filme, a atriz americana Viola Davis.

“Foi uma delícia! Uma reunião pequena, só amigos, mas com muito afeto, união, respeito. Foi bem legal”, avaliou a atriz, que entregou o cardápio da noite ao saber que a estrela norte-americana tem sido só elogios para a culinária brasileira.

“Servimos moqueca capixaba. Em ‘A Mulher Rei’, o azeite de dendê [presente na moqueca baiana] é mencionado várias vezes e eu sabia, mas como ela não está acostumada e tinha este evento hoje, achei melhor não arriscar”, brincou Taís. “Tinha também peixe com legumes e, como sobremesa, preparamos cupuaçu com chocolate. Estava uma delícia”, completou.

Sobre o encontro em si, a atriz revelou que não falou sobre política com Viola (“Tínhamos muitos assuntos”) e que ambas não estavam por perto quando IZA cantou “Killing Me Softly With His Song”: “Ela já tinha ido embora e eu estava colocando meus filhos para dormir.”

Taís Araujo na première de “A Mulher Rei” (Foto: Roberto Filho/Brazil News)
Taís Araujo na première de “A Mulher Rei” (Foto: Roberto Filho/Brazil News)

Ainda sobre “A Mulher Rei”, Taís vê o longa como uma “prova de que dá para fazer entretenimento com responsabilidade”. “É tudo muito bem pensado. Não tem furos. Ao mesmo tempo, entrega tudo que a gente espera de um blockbuster hollywoodiano”, opina ela, que ainda colhe os frutos de “Medida Provisória”.

“Amo quando chega notícia de que o filme foi indicado ou premiado. Pena que Lázaro [diretor] e eu só estamos comemorando de casa, né? Queria muito ter ido a todos os festivais em que foi exibido, mas no ano passado foi praticamente tudo on-line e, agora, eu estou gravando novela e não consigo ir. Ouço que vai ter Alemanha, Canadá, Estados Unidos e fico: ‘Legal... Boa sorte...’”, declarou, aos risos. Nesta semana, o casal contou que o filme foi o grande vencedor do Inffinito Film Festival, de Miami, nos Estados Unidos.