Tailândia recebe de volta artefatos roubados confiscados em San Francisco

·1 minuto de leitura
Tailândia recebe de volta artefatos no Museu Nacional de Bangcoc

BANGCOC (Reuters) - A Tailândia realizou uma cerimônia de boas-vindas nesta segunda-feira para comemorar a volta de dois artefatos antigos esculpidos à mão que foram roubados décadas atrás e contrabandeados para os Estados Unidos.

Os dois entalhes de pedra de estilo Khmer de 680 quilos estavam em exposição no Museu de Artes Asiáticas de San Francisco, que foi orientado a abdicar delas quando o governo dos EUA e autoridades de San Francisco chegaram a um acordo em fevereiro.

Em 2017, a Tailândia informou os EUA que os lintéis, que remontam aos séculos 10 e 11, haviam sido roubados.

"Hoje é o dia em que eles finalmente são devolvidos ao seu país natal e expostos aqui", disse o ministro da Cultura tailandês, Itthiphol Kunplome, na cerimônia em Bancoc.

Os lintéis de arenito eram partes da estrutura de dois santuários religiosos do nordeste da Tailândia. O governo avaliará se eles podem ser devolvidos a seu locais originais.

"Esta é uma batalha legal que estabelece um exemplo excelente para os museus que ainda possuem artefatos tailandeses ilegalmente, porque eles sabem que perderão seus processos", disse Tanongsak Hanwong, que localizou as peças e pressionou por sua volta.

"Muitos museus decidem fazer contato para iniciar o processo de devolução, ao invés de seguirem o processo legal".

(Por Jiraporn Kuhakan e Vorasit Satienlerk)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos