Twitter fake da CBF engana apresentador da ESPN Brasil

Um perfil falso de notícias da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) na rede social Twitter acabou enganando o canal fechado ESPN Brasil, durante o programa "Bate-Bola" desta segunda-feira.

Leia mais:
Jô Soares volta com seu programa na segunda e terá Neymar como entrevistado
RedeTV! acaba com programa esportivo para exibir novela “Betty, a Feia”

A atração esportiva da ESPN tinha acabado de começar quando o apresentador, o jornalista Flávio Gomes, afirmou: "amanhã tem convocação da seleção brasileira e na conta do Twitter da CBF, o CBF_News, apareceu o seguinte: 'meu goleiro: servindo o último jogo e base, seria o Júlio'. Tá saindo a convocação no CBF News. A dupla de zaga do cara que tá escrevendo é Thiago Silva e... Não sei se é algum estagiário ou se hackearam a conta ou se é o próprio Felipão, de repente escrevendo de um laptop."

O anúncio, sério, do jornalista, ao ler a suposta notícia, causou estranheza ao colega, Lúcio de Castro, na sucursal da emissora no Rio de Janeiro. "Tá falando sério, tem isso? Isso é mesmo oficial?", questionou. "É, tá aí, ó. É oficial esse negócio", respondeu Gomes. "Não é possível", disse o ainda desconfiado jornalista carioca.

"Meus atacantes: Neymar e...tracinho. Ele tá convocando o Kaká e o Oscar. Ou é um estagiário ou hackearam ou o Felipão surtou. E o que é mais engraçado, Lúcio, é que em determinado momento o cara aqui até interagiu com o nosso Arnaldo Ribeiro [jornalista da ESPN Brasil]", comentou Gomes.

"Eu, como sou vítima de Twitter fake [falso], eu vou preferir acreditar que esse é um fake", argumentou Lúcio de Castro. Em vão, pois Flávio Gomes insistiu em acreditar nas notícias que lia no perfil. "Então, mas o CBF_News é uma das contas oficiais da CBF", teimou ele até que o colega Mautro Cezar Pereira, nos estúdios, em São Paulo, alertado por usuários da rede social, avisou: "esse Twitter é fake. Tá errado".

"Então caímos no conto do fake. Tá certo o Lúcio", finalmente se convenceu o apresentador.

Que gafe, hein?!! Enfim, que ao menos sirva de lição à ESPN Brasil, porque é lamentável que um programa jornalístico, seja de qualquer área, nesse caso de esportes, caia numa notícia falsa de um perfil fake no Twitter. Isso arranha a credibilidade junto ao público.

O mínimo que se espera de um programa sério é que cheque a informação antes de dividi-la com seu público. Sair, feito papagaio, repetindo tudo o que lê na internet não me parece jornalismo.

Siga-me no Twitter: @rjovaneli

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos