Oscar Schmidt diz que pode fazer um programa no canal Fox Sports

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Oscar Schmidt
    Basquetebolista brasileiro

O ex-jogador de basquete, Oscar Schmidt, que já prestou serviços na Record como comentarista de jogos de basquete (fez parte da equipe da última olimpíada, em Londres) e em programas da casa, revelou que pode fazer um programa no canal fechado Fox Sports.

Leia mais:
Atlético dá à Globo “audiência de Corinthians” com conquista inédita da Libertadores
Anderson Silva dá “tchau de miss” no “Agora é Tarde” e é provocado pela plateia: “delicada, né?”

O ídolo do esporte brasileiro, que luta contra um câncer no cérebro e que na última semana recebeu uma benção especial do papa Francisco, durante visita ao país, disse no programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta que sua principal atividade tem sido a de palestrante, o que dificulta para que aceite convites, mas que, no caso do Fox Sports, haveria condição de conciliar com sua agenda.

"O Edu Zebini [vice-presidente do Fox Sports], que me levou pra lá [Record], agora tá no Fox Sports e é muito provável que eu possa fazer um programa lá com ele, porque não tem muita restrição de horário e eu posso fazer no dia que eu quiser", explicou.

"Lógico que comentar basquete vai aparecer e se me botar é até uma coisa que eu gosto de fazer. Agora, o meu trabalho é fazer palestra", afirmou o "Mão Santa", garantindo qual é a sua prioridade profissional. "Minha agenda é muito doida. Durante o meu contrato de quatro anos com a Record, deixei de fazer muita palestra. Marcavam as coisas muito de repente", reclamou.

Num momento engraçado, o apresentador do programa da Gazeta, Flávio Prado, tentou convidar no ar o ex-jogador para participar da gravação do "Trofeu Mesa Redonda", uma premiação dos melhores esportistas do ano realizada pela emissora, mas Oscar não quis garantir sua presença. O motivo: as tais palestras.

"Custa uma nota as minhas palestras. Trinta mil reais a mais barata em São Paulo. Em Manaus, é R$ 45 mil. Se eu tiver palestra no dia, eu não venho. Sabe que eu sou o maior palestrante do Brasil. Dois metros e cinco. Mas eu vou ser o melhor desse negócio. Eu já foi indicado para o Top of Mind. A eleição disso é no fim do ano e esse é um prêmio que eu quero ganhar. É o meu maior objetivo: ser o melhor palestrante do Brasil", contou o bem humorado Oscar, que ainda derramou-se em elogios ao irmão, o jornalista da Globo, Tadeu Schimdt: "ele é meu irmão, mas hoje eu sou o irmão dele".

Que figura cativante. Que Oscar consiga vencer esse câncer. Nós merecemos tê-lo por muitos e muitos anos por aqui. Ídolo e ser humano da melhor qualidade.

Siga-me no Twitter: @rjovaneli

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos