Jornalista Chico Lang faz desabafo ao vivo sobre filho viciado em droga no “Mesa Redonda”, da TV Gazeta

Um desabafo emocionante do jornalista Chico Lang sobre a vida pessoal chamou a atenção na noite deste domingo durante o programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta. Integrante de longa data da atração esportiva, ele dividiu com os telespectadores e colegas da mesa o drama que vive com o filho, viciado em droga.

Chico contou que internou o filho, de 34 anos, viciado em crack há três, numa clínica evangélica no Mato Grosso do Sul. Assistindo ao programa, o comentarista da ESPN Brasil, Mauro Cezar Pereira, manifestou-se via Twitter sobre o que viu: "o @chicolangreal falando, agora, sobre o filho que se viciou em crack. Nem todos têm coragem para tal. Boa sorte ao rapaz."

O detalhe é que, embora estivesse expondo o próprio drama familiar, o que por si só já é algo bem difícil para um pai, Chico Lang claramente tentou fazer daquele duro relato uma oportunidade de alertar outras famílias que porventura estivessem passando pelo mesmo problema. Chegou até a dar dicas que como lidar com o caso.

"Essas clínicas ficam de portas abertas. O cara que quer sair, sai, então o que a pessoa que está internada vai fazer com você? Chantagem emocional. 'Eu não aguento, aqui tem bicho, tem isso, tem aquilo', então você tem que ser firme, tem que ser forte. A cada chantagem que seu filho, sua filha fizer, você tem que resistir. Essa é a dureza. Você tem que criar casca para isso aí, senão você não leva", sugeriu.

"Os três primeiros meses, Deus do céu, é bom você nem ver o seu filho. Esquece que ele tá lá. Deixa ele lá e não fala com ele, porque é só chantagem emocional e na base da chantagem emocional você tira o cara. Começa a chorar, dizer que tá com saudade, que te ama, que tá sendo maltratado, quando não está", alertou Chico Lang.

Nesta segunda, a TV Gazeta divulgou vídeo do desabafo no programa. Que o filho dele saia dessa o quanto antes. É a torcida aqui do TV Esporte Blog.

* Texto atualizado

Leia mais:
Hortência e ex-jogadora de vôlei, Isabel, serão auxiliares de lutadores em reality “TUF Brasil”
À revista, Leifert diz ver esporte como entretenimento e queixa-se: “as pessoas me copiam”

Siga-me no Twitter: @rjovaneli

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos