Galvão é flagrado protegendo Massa de “derrota” em treino da F1: “não vamos especificar tanto. Tá tomando meio segundo desde ontem”

"Não vamos falar em um décimo e meio. Não vamos especificar tanto, porque na verdade ele tá tomando meio segundo desde ontem", pediu Galvão Bueno a Luciano Burti, referindo-se a Felipe Massa, durante o treino para o GP da Hungria de Formula 1, quando o brasileiro largará só em 6º, enquanto seu companheiro de equipe Williams, o finlandês Valtteri Bottas, conquistou o 3º melhor tempo.

Leia mais:
Galvão confirma desistência de aposentadoria, nega ser “Neymarzete” e defende Huck de comparação de vexame dos 7 a 1 a 11/9
Derby Corinthians x Palmeiras é principal atração esportiva do domingo na TV aberta. Ao vivo para SP

Mas onde pode ser encontrado o diálogo acima, com Galvão tentando esconder do telespectador da Globo a "surra" que Massa tomou de Bottas na busca pelo melhor tempo neste sábado? Em lugar algum, afinal já foi apagado. O site "Globoesporte" foi quem divulgou o áudio (e o apagou), cuja conversa se dava quando restavam 7:47 para o término da segunda sessão de treinos.

A Globo não tem mostrado o Q1 e Q2, mas somente o Q3, última parte da sessão do treino. Só o Sportv exibe os três.

Ah, eis os tempos finais de Valtteri Bottas, terceiro no grid e com volta beeem mais rápida que a de Felipe Massa, sexto:

- Bottas: 1m 23.354s

- Massa: 1m 24.223s

A corrida acontece neste domingo, às 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da Globo. Resta saber se os telespectadores poderão confiar no que for levado ao ar por Galvão, afinal, ao que tudo indica, para proteger Felipe Massa vale tudo, até omitir informações.

Siga-me no Twitter: @rjovaneli

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos